Tamanho de fonte
Atualizado em segunda-feira, 20 de julho de 2015 - 15h15

Marcio Campos

Um jornalista de opinião
Jornalismo de qualidade / Jornalismo de qualidade

Márcio Campos nasceu no dia 6 de março de 1974 em Cruzília, interior de Minas Gerais. Determinado a ser um jornalista de opinião, nunca se deixou levar pelos outros e hoje é um dos principais jornalistas no seu segmento.

 

Marcio cresceu atrás do balcão de um bar-restaurante da sua família e desde pequeno usou seu “jogo de cintura” para se comunicar com os clientes. 

 

Com essa facilidade de lidar com o público, decidiu seguir a vida como jornalista de radio e tv. Em 1992 iniciou o curso de comunicação na Universidade de Taubaté. Cidade que adotou quando se mudou com os pais aos cinco anos de idade. Foi ali que teve as primeiras oportunidades como repórter, nas rádios Cultura, Cacique, Difusora e também no jornal Valeparaibano.

 

Sua história na televisão começou na TV Alterosa de Varginha, afiliada do SBT. Voltou para Taubaté e trabalhou na Band Vale, uma das emissoras da Rede Bandeirantes. Depois dessa fase foi trabalhar na Rede Record.

 

Após circular por diversos programas na emissora, ele encontrou José Luiz Datena no “Cidade Alerta”. Ao lado do seu amigo, retornou a Band, para fazer o “Brasil Urgente”.

 

Especialista em jornalismo investigativo e policial, Marcio escreveu um livro em 2008 chamado “A Tragédia de Eloá – Uma Sucessão de Erros”. Nele, Marcio fala sobre o assassinato de Eloá Pimentel por Lindemberg Alves. 

 

Já apresentou o “Acontece”, programa com notícias policiais e populares, que era exibido aos sábados, e eventualmente o "Brasil Urgente", na Band. 

 

O jornalista Marcio Campos é um especialista na sua área e um dos mais respeitados do Brasil.


REDES SOCIAIS Instagram Facebook