Band Multi

Bauru vence o Vasco da Gama e retorna às semifinais do NBB

O Dragão superou lesões no elenco e a pressão da torcida

Por Hiltonei Fernando

O Dragão superou lesões no elenco e a pressão da torcida
O Dragão superou lesões no elenco e a pressão da torcida
Foto: Mauricio Almeida /Vasco da Gama

Na noite desta terça-feira (14), o Bauru Basket se classificou para às semifinais do NBB Caixa ao vencer o Vasco da Gama pelo placar de 76 a 73. O duelo ocorreu no ginásio de São Januário, no Rio de Janeiro, que recebeu lotação máxima para o confronto decisivo da série “melhor de cinco”. 

Além da pressão da torcida adversária, o Dragão também superou as lesões para sair vitorioso: logo no 1º quarto, o pivô Anderson Rodrigues machucou o dedo do pé e precisou deixar a quadra. Depois, no 3º quarto, foi a vez do armador Dontrell Brite sair da partida após sentir uma lesão no músculo posterior da coxa. Isso sem falar do pivô Felipe Cardoso e do ala Gustavo Santana, que já vinham desfalcando o time e sequer viajaram com a delegação. 

Mas, com fibra, intensidade defensiva e jogo coletivo no ataque, os comandados do técnico Paulo Jaú não baixaram a guarda e sacramentaram a vaga do time entre os quatro melhores do país - fato que não ocorria desde a temporada 2017/2018. “Foi uma vitória da resiliência. Soubemos suportar o sofrimento, a pressão em São Januário e a questão física. A série toda foi equilibrada, então, o 5º jogo não seria diferente. Por isso, parabéns ao nosso grupo, que fechou nos detalhes e saiu com a classificação”, analisou o treinador bauruense.

Apesar da lesão, o grande destaque da noite foi o armador Dontrell Brite: o camisa 3 foi o cestinha da partida com 23 pontos anotados, além de sete rebotes e uma assistência. E, quando ele foi para o banco de reservas, quem chamou a responsabilidade no ataque foi o ala/armador Gemadinha, autor de 11 pontos no jogo, sendo sete no último quarto. “Estou muito feliz com essa classificação. Não desistimos após as lesões do Anderson e do Brite e lutamos até o final. Esse é o espírito da equipe de Bauru”, comentou o camisa 35. 

Sequência

Com o triunfo bauruense, as duas chaves do NBB Caixa já estão definidas: de um lado, o Sesi/Franca Basquete irá medir forças contra o time do Minas Tênis Clube. Enquanto isso, o Dragão encara o Flamengo na próxima fase - em um duelo que marca a reedição de duas finais na história do torneio (temporadas 2014-2015 e 2015-2016).

Com os rubronegros lideraram a fase de classificação, terão a vantagem do mando de quadra na série “melhor de cinco”. O primeiro confronto acontece no próximo sábado (18), às 15h, no ginásio do Tijuca Tênis Clube (Rio de Janeiro). Depois, o playoff vem à Cidade Sem Limites para os jogos 2 e 3, que serão realizados na terça (21) e na quinta-feira (23) da semana que vem, ambos às 19h30, no ginásio Panela de Pressão. 

Se necessário, a série retorna aos domínios cariocas para os jogos 4 e 5, que estão marcados para os dias 26 e 28 de maio.

Informação: Bauru Basket