Band Multi

Autora sorocabana trata da autopublicação em curso

Rita Taraborelli escreveu o livro ‘Jardim Comestível – Cozinha Mediterrânea à Brasileira’

16/05/2022 • 18:55
Rita é autodidata em desenho e pintura
Rita é autodidata em desenho e pintura
Reprodução redes sociais

A chef, autora e ilustradora Rita Taraborelli, de Sorocaba, desenvolve neste mês de maio um curso gratuito de autopublicação. As aulas, que são online vão até o dia 26 de maio. 

Além de Rita, ministram o curso, a diretora de arte da “Editora Quelônio” Silvia Nastari, a artista, autora e mediadora cultural Marie Ange Bordas, a romancista, contista e publicitária cearense Valquíria Vlad e o ilustrador e designer Lucas Gehre.

“Em 2019 lancei o livro ‘Jardim Comestível – Cozinha Mediterrânea à Brasileira’ , que é fruto de uma autopublicação que foi financiada de forma coletiva pelo Catarse (cerca de 300 pessoas apoiaram a iniciativa), além de um empréstimo pelo Banco do Povo. O livro ganhou o Prêmio de Literatura de Sorocaba e também foi indicado no Prêmio Gourmand Awards da França nas categorias ‘Ilustração’, ‘Financiamento Coletivo na América Latina’ e ‘Cozinha Mediterrânea’. A primeira edição se esgotou e devido ao aumento do valor do papel na pandemia, na ocasião não consegui reimprimir a obra. No final do ano passado ganhei o Prêmio ‘Trajetórias por Histórico de Realização em Literatura’ do Proac e usei 100% do subsídio para imprimir a segunda edição e promover o curso, onde compartilho a minha experiência no caminho da autopublicação, juntamente com profissionais especialmente convidados, com experiências em formatação de projetos, publicação independente e design editorial”, explica a autora.

Rita, que tem 38 anos, é autodidata em desenho e pintura, estudou gastronomia e trabalhou em vários bons restaurantes pelo Brasil, entre eles o Mani, da chef Helena Rizzo. Também atuou em projetos como as cozinhas do Instituto Chão (em São Paulo), retiros de yoga e em algumas propriedades de cultivo orgânico. Autora de vários livros, assina o blog “Jardim Comestível”, e trabalha com a valorização de processos artesanais e uso de ingredientes de origem agroecológica.