Band Multi

Deic prende homem matou mulher a facadas em Piracicaba

Vítima era moradora de Americana e foi encontrada morta em um canavial no último sábado (30)

*Rafaela Oliveira 05/08/2022 • 18:18 - Atualizado em 05/08/2022 • 18:42
Beatriz Marques de Carvalho morava no bairro Antônio Zanaga, em Americana.
Beatriz Marques de Carvalho morava no bairro Antônio Zanaga, em Americana.
Reprodução/Deic

A Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) prendeu nesta sexta-feira (5) o homem, de 61 anos, que matou uma mulher a facadas em Piracicaba. A vítima era moradora de Americana e foi encontrada morta no último sábado (30/7) no meio de um canavial. 

Beatriz Marques de Carvalho, de 23 anos, foi esfaqueada por um homem que alega que a vítima roubou itens de valor dele e que era usuária de drogas. Segundo o relato do acusado, ele a agrediu para fazê-la devolver os itens, porém, ela disse que tinha envolvimento com organizações criminosas e que se vingaria da agressão.  

Segundo a Deic, o assassino disse que ficou com medo da ameaça, então levou Beatriz Marques de Carvalho para o meio do canavial e a matou a facadas. Em seguida, o homem jogou o corpo de uma ribanceira.   

Investigação 

O corpo da mulher foi encontrado em uma área rural no dia 30 de julho, com ferimentos de faca e nenhum documento de identificação. A Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) usou as digitais para identificar a vítima e um ticket de compra realizada em um estabelecimento comercial, contendo dados que auxiliaram nas investigações. 

De acordo com a Deic, a equipe recebeu denúncia anônima informando características do autor, que auxiliou na identificação de um suspeito. 

Nesta sexta-feira (5), seis dias após o crime, a equipe de investigação compareceu até a residência do investigado, de 61 anos, que confessou ter matado Beatriz Marques de Carvalho. 

No imóvel, os policiais apreenderam a faca utilizada para matar a vítima, uma camisa que o investigado usava no dia do assassinato, além do veículo usado para levar a jovem até o local onde o corpo foi encontrado. 

Diante disso, o homem teve Prisão Temporária decretada pelo Poder Judiciário e permanecerá preso pelo período de 30 dias, para a finalização das investigações.   

Funeral   

Beatriz Marques de Carvalho morava no bairro Antônio Zanaga, em Americana, e era mãe de um menino. O corpo dela foi sepultado nesta sexta-feira (5), 09h, no Saudade para o Cemitério da Saudade de Americana. 

*Sob supervisão de Rose Guglielminetti.