Band Multi - Campinas e Região

Importunação sexual: vítimas registram B.O contra Everton, da Ponte Preta

Ex-Flamengo e São Paulo teria cometido abuso durante um churrasco em Paulínia e agredido vítimas ao ser confrontado

Da Redação

Duas mulheres registraram um boletim de ocorrência contra o atacante Everton, da Ponte Preta, por importunação sexual e lesão corporal, nesta segunda-feira (13). O atleta de 34 anos teria passado a mão nas nádegas das vítimas durante um churrasco no fim de semana, em Paulínia (SP). Depois, ao ser confrontado, ele teria agredido as mulheres.

Um dos casos apontados como importunação sexual foi registrado por uma câmera de segurança (assista acima). Dez pessoas estão dentro de uma piscina, na casa da vítima. O jogador se aproxima da mulher, que está de costas e passa a mão nas nádegas dela. Na sequência, a vítima questiona Everton sobre a conduta e começa uma discussão.

Uma das vítima está com uma escoriação na perna (Foto/Arquivo pessoal)

À polícia, uma das mulheres contou que um episódio parecido já havia acontecido na última quinta-feira (9). O jogador, com passagens por Flamengo, São Paulo e Grêmio, teria acariciado a perna dela durante um jantar na casa do atleta, em que a vítima foi acompanhada do marido. 

De acordo com as mulheres que o denunciaram, ao ser confrontado, o atleta teria falado que se enganou e confundiu a vítima com a esposa. Everton teria, ainda, agredido as mulheres. Uma foto cedida por uma das vítimas, mostra que ela apresenta uma escoriação na perna. 

A assessoria de Everton informou que o jogador nega as acusações e que ele e sua esposa foram ao IML para realizar exame de corpo de delito após “importantes lesões recebidas ao final de um evento de confraternização”. Ele também não irá se manifestar sobre o caso agora, por orientação de sua defesa. Já a Ponte Preta disse que não se manifestará sobre o caso por se tratar de um episódio fora do clube.