Band Multi

Mulher e companheira são presas acusadas de torturar crianças de 2 e 8 anos

As prisões aconteceram em Elias Fausto, interior paulista

Da Redação

Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Capivari (SP)
Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Capivari (SP)
Google Earth
Topo

Uma mulher e a companheira foram presas suspeitas de torturar duas crianças, de 2 e 8 anos, em Elias Fausto (SP). As vítimas são filhos de uma das agressoras, que foram presas nesta quarta-feira (29).

A Polícia Civil afirma que a mãe e madrasta das crianças praticavam as agressões de diversas maneiras: com chinelos, vassoura, cinta, bambu e batiam a cabeça das vítimas na parede. Além disso, ambos eram colocados de castigo por horas, em pé ou de joelhos em punhado de arroz. 

Por inúmeras vezes a mãe era autora das agressões, enquanto a madrasta assistia a violência.

O caso foi apresentado pelo Conselho Tutelar de Elias Fausto na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Capivari (SP). A delegada responsável deu início às investigações e as crianças passaram por escuta especializada junto à uma psicóloga da delegacia especializada.

Após todos os indícios de autoria por parte das mulheres, a delegada Maria Luísa Dalla Bernardina pediu pela prisão delas na Justiça, que aceitou o pedido.

Na tarde de desta quarta-feira (29) as equipes comandadas pela Dra. Maria Luísa, com apoio da GCM de Capivari, deslocaram-se até o distrito Cardeal, onde localizaram as agressoras. 

As duas mulheres de 28 e 35 anos foram encaminhadas até a DDM de Capivari e posteriormente encaminhadas à Delegacia Participativa de Piracicaba (SP).

Tópicos relacionados