Band Multi

Alta no diesel impacta no reajuste do frete rodoviário

Associação Nacional do setor diz que mínimo é subir 5%

Ana Claudia Palacio 23/06/2022 • 14:00
Preço do diesel faz frete rodoviário subir
Preço do diesel faz frete rodoviário subir
Banco de Imagens

O aumento no diesel, de 14,26% anunciado pela Petrobras no último dia 17 de junho, trouxe impactos no valor do frete rodoviário.  O peso do combustível no transporte de cargas pode chegar a 50% do custo total. E segundo a Associação Nacional do Transporte de Cargas e Logística, que representa mais de 15 mil empresas do setor, o reajuste previsto é de no mínimo 5% no valor do serviço.

Ainda conforme a Associação, em um ano, o diesel subiu 52,69%. No acumulado deste ano a alta é de quase 28%. 

Em Presidente Prudente, Antonio Carlos Carrion, dono de uma transportadora, explica que não é só a alta do combustível que interfere no reajuste do frete. A aprovação do reajuste salarial da categoria, o aumento dos insumos também contribuíram para a elevação. “Pneus, pedágios e salário subiram, e tudo isso vai encarecer o serviço”, diz.

Segundo o empresário, o cálculo médio para o novo valor do transporte de cargas deve passar dos 14%, mas que cada empresa estabelece com critérios próprios. “O jeito é repassar para o consumidor final, não conseguimos mais segurar o valor com tantos aumentos”, justifica.