Band Multi

Birigui libera vacina contra a gripe a partir desta quinta-feira (23)

A imunização vale para todos os moradores

Hiltonei Fernando 23/06/2022 • 11:52
A imunização vale para todos os moradores
A imunização vale para todos os moradores
foto: divulgação

A prefeitura de Birigui-SP, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, informa que a partir desta quinta-feira (23), a vacina contra a influenza está liberada para toda a população acima de 6 meses de idade. O município seguirá aplicando a vacina enquanto houver doses remanescentes disponíveis.

Os moradores devem procurar as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), de segunda a sexta-feira, e apresentar RG e CPF. Nas unidades dos bairros Isabel de Almeida Marin e Tijuca a aplicação é das 8h às 12h30. Nos demais postos o atendimento é das 8h às 17h.

A campanha teve início em março e atingiu 53,9% do público-alvo, com 21.837 doses aplicadas, conforme balanço da Secretaria de Saúde. A vacina aplicada é trivalente e protege contra os vírus H1N1, influenza B e H3N2, do subtipo Darwin, que causou surtos localizados no final do ano passado.

Entre as pessoas com mais de 60 anos, a imunização chegou a 58,8%. Já entre as crianças, esse índice atingiu apenas 34,3%. A cobertura vacinal entre as gestantes e puérperas é de 41,4% e 46,1%, respectivamente. Entre os profissionais de saúde o índice é de 68% e os da educação de 44%.

GRUPOS PRIORITÁRIOS

As pessoas dos grupos prioritários que ainda não se vacinaram podem comparecer aos postos de saúde para garantir a imunização, como os idosos acima de 60 anos, crianças de 6 meses a menores de 5 anos, gestantes, puérperas e profissionais da saúde.

Fazem parte ainda do público-alvo as pessoas com comorbidades ou deficiência permanente, professores, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário e urbano, membros das forças de segurança e salvamento e forças armadas.

Neste período do ano, a circulação do vírus torna-se maior e, com isso, cresce a probabilidade das pessoas desenvolverem complicações da doença, como pneumonia, internação e óbito. Por isso, é muito importante que as pessoas busquem a imunização para evitar casos mais graves da doença.