Bate-papo esportivo - com Antônio Carmo

Comentarista no grupo Band Vale desde 1997, Antônio Carmo tem vasta experiência na cobertura esportiva do Vale do Paraíba e também no âmbito nacional. Diariamente, ele fala sobre todos tipos de esportes no Bate-papo esportivo da Band Vale FM e também no Os Donos da Bola Vale, na TV Band Vale. Neste espaço, o jornalista debate os principais assuntos relacionados aos principais times da região e os grandes acontecimentos do esporte mundial.

Tri do Palmeiras na Taça Libertadores tem a cara do técnico Abel Ferreira

Antonio Carmo comenta o título do Palmeiras em cima do Flamengo no final de semana

Antonio Carmo - Bate-papo Esportivo 29/11/2021 • 19:06 - Atualizado em 30/11/2021 • 18:16
Tri do Palmeiras na Taça Libertadores tem a cara do técnico Abel Ferreira
Tri do Palmeiras na Taça Libertadores tem a cara do técnico Abel Ferreira
Divulgação/SE Palmeiras

Já escrevi aqui neste espaço, quando o Palmeiras eliminou o Atlético-MG na Taça Libertadores, que gostando ou não, tinha-se que admitir: a vaga do Palmeiras na final era a cara do técnico Abel Ferreira.

Isto se confirmou no título do tricampeonato conquistado no sábado em Montevideu. O técnico do Palmeiras, além de ser bom tecnicamente, tem uma perseverança no seu trabalho e acredita no que vai fazer.

Outra coisa: é inquestionável que Abel Ferreira é quem melhor trabalha no Brasil a parte técnica de seus jogadores. Ora vejam, o futebol é definido no aspecto tático, técnico, físico e emocional.

No emocional, o técnico Abel Ferreira consegue fazer o Palmeiras ser mais forte. O Flamengo era o favorito para a final? Sim. As casas de aposta mundo afora colocavam o Flamengo como favorito, a maioria dos cronistas esportivos colocam o Fla como favorito. A torcida não tinha dúvidas, era só ir para Montevideu comemorar.

Mas esqueceram de combinar com o português. Abel montou um time extremamente competitivo, mudou o jeito de jogar. Colocou Gustavo Gomes na direita, Luan na esquerda. Tirou Gustavo Scarpa da direita para atuar na ala-esquerda, enfim, dominou o Flamengo no primeiro tempo e fez 1 a 0.

No segundo, recuou demais. Trouxe o Flamengo para sua área, e o Flamengo merecidamente chegou ao empate. Mas aí entra, de novo, o conhecimento do técnico que tirou um dos seus melhores jogadores: Raphael Veiga, o melhor batedor de pênaltis do Brasil, para colocar o Deyverson.

Iluminado como está sendo Abel Ferreira, Deyverson fez o gol do título. Merecido, o Palmeiras é tricampeão, iguala aos títulos de Grêmio, Santos e São Paulo, times brasileiros campeões da América do Sul e quebra uma sequência de 20 anos que um time não era bicampeão seguido na Libertadores.

A última vez que isso aconteceu foi com o Boca Juniors em 2000 e 2001. De quebra, o Palmeiras passa a ser o maior time brasileiro na Libertadores com suas conquistas e seus recordes. Parabéns para o Palmeiras pelo título de tricampeão da Libertadores.

  • antonio-carmo