Revestrés - com Cláudio Nicolini

São mais de 30 anos de experiência no rádio e na TV. O apresentador do Band Cidade primeira edição ancora os debates eleitorais das principais cidades da região na tela da TV Band Vale desde o ano 2000. Também apresenta o Jornal Primeira Hora Regional na Bandvale FM. Aqui trará crônicas sobre o cotidiano e a política das cidades, além de analisar as ações dos governantes da Região Metropolitana.

Um novo Índio da Costa?

Há dois meses do primeiro turno, candidaturas importantes seguem com, vices indefinidos.

Cláudio Nicolini, do Revestrés 02/08/2022 • 17:59
Faltam exatos sessenta dias do primeiro turno das eleições 2022
Faltam exatos sessenta dias do primeiro turno das eleições 2022
José Cruz/ Agência Brasil

Há exatos sessenta dias do primeiro turno das eleições 2022, poucas confirmações, muitas indefinições, e pesquisas das mais variadas, com resultados também inconclusivos. Mas se tem uma coisa que chama a atenção é a indefinição de chapas e vices na corrida eleitoral.

Se na disputa majoritária encontramos os dois primeiros colocados com parceiros de chapa definidos (General Braga Neto e Geraldo Alckmin), Simone Tebet, postulante do MDB, apresentou hoje a senadora Mara Gabrilli como candidata a vice. Será a segunda chapa feminina da disputa (Vera Lúcia do PSTU já havia anunciado a indígena Kanã Yporã)

Aqui em São Paulo, dos 3 principais concorrentes apenas Tarcísio de Freitas já confirmou união com Felício Ramuth – o ex-prefeito joseense que foi para o PSD de Kassab na busca pelo Palácio dos Bandeirantes, mas acabou numa costura do ex-ministro com o candidato bolsonarista no estado.

Rodrigo Garcia sofre com pressões da grande aliança de partidos que conseguiu manter até agora. Além do União Brasil, o MDB quer a vaga de vice, e o tucanato não sabe até agora nem quem vai concorrer na chapa ao Senado. O mesmo acontece com Haddad. O petista flertou com Marina Silva, mas entra em Agosto sem um “nome para chamar de seu ou sua”. São pouco mais de dez dias para todas as definições e o início da Campanha. Não duvido que um novo Índio da Costa (Candidato a vice na chapa encabeçada por José Serra em 2010) apareça do nada. Na época ele foi um plano mirabolante do então PFL de Cesar Maia. O resultado todos já sabem ...