Band Vale

Policiais que ignoraram roubo para jogar Pokémon Go são demitidos

Gravações da viatura revelaram os policiais informando a localização dos Pokémons

Lucas Duarte - Equipe BANDx 11/01/2022 • 18:55 - Atualizado em 11/01/2022 • 18:55
Reprodução
Reprodução
Pokémon Go

Esta história no mínimo inusitada aconteceu em Los Angeles, cidade do sul da Califórnia Estados Unidos em 2017 e só foi concluído agora em 2022. Dois agentes foram chamados para deter um roubo em um shopping center local, porém ignoraram o chamado pois escolheram caçar um Snorlax, personagem do game mobile Pokémon Go.

(Imagem: Snorlax / OtakuKart / Pokémon Go)

Os ex-oficiais Louis Lozano e Eric Mitchell da LAPD (Departamento de Polícia de Los Angeles), foram demitidos por “abdicar voluntariamente de seu dever de ajudar um comandante a responder a um assalto em andamento e jogar um jogo móvel Pokémon enquanto estava de serviço”. 

De acordo com o site da Vice, um roubo estaria em andamento em uma loja dentro de um shopping, próximo a onde Lozano e Mitchell patrulhavam. No entanto, eles ignoraram o primeiro chamado e quando novamente solicitados responderam simplesmente "não". Eles "propositalmente falharam em responder ao chamado do roubo e tentaram esconder o fato" ao dizer que estavam em um lugar diferente de onde realmente estavam.

A corte então abriu uma investigação e a partir da gravação das viaturas, identificaram os dois falando sobre localização de onde estariam alguns Pokémons e que ao invés de caçar os bandidos, estavam caçando Pokémons! Durante o roubo, o personagem Snorlax foi mais atrativo, um deles até avisa que conseguiu capturar.

Os oficiais até tentaram se defender sobre o caso, disseram que "apenas tiveram uma conversa sobre Pokémon Go" e que estavam "capturando uma imagem" do Pokémon em um aplicativo de rastreamento. Disseram também que não estavam cientes que as conversas estavam sendo gravadas e que elas deveriam ser "privadas". Mas a corte não aceitou e eles foram indiciados com múltiplas acusações de má conduta durante o expediente, e demitidos.