Band Vale

Câmara de Caçapava acata denúncia contra vereador que agrediu parlamentar

Comissão tem até 90 dias para apresentar o resultado dos trabalhos de investigação

Rauston Naves Matheus Agostinho 10/05/2022 • 22:46 - Atualizado em 11/05/2022 • 10:00
Câmara de Caçapava acata denúncia contra vereador que agrediu parlamentar
Câmara de Caçapava acata denúncia contra vereador que agrediu parlamentar
Divulgação/Câmara de Caçapava

A Câmara de Caçapava aceitou a denúncia de agressão feita pela vereadora Dandara Pereira Gissoni (PSD) contra o parlamentar Wellington Felipe (Cidadania). A votação pela aceitação ocorreu na sessão desta terça-feira (10).

A vereadora havia protocolado o pedido de cassação do vereador Wellington Felipe na última quinta-feira (05), por acusação de quebra de decoro por constrangimento ilegal, agressão e violência politica em razão de gênero.

Foram registrados 6 votos favoráveis a investigação e três contra. Os envolvidos não possuem direito ao voto, suplentes foram empossados para votação, confira:

  • Votaram contra a investigação os vereadores Professor Robson Paiva (DEM), Telma Protetora (PSD) e Maicon Rodrigo Goiembiesqui (Cidadania).
  •  
  • Os vereadores Adilson França (PSDB), Waldemir da Silva (MDB), Yan Lopes (PSC), Jair Costa (Cidadania/Suplente), Gincarlo Romão (PSD/Suplente) e Rodrigo Meirelles (PSD), foram favoráveis a abertura da comissão.
  • O vereador Vitor Tadeu Camilo (PTB), não compareceu a sessão e apresentou atestado médico.
  •  

A Comissão tem até 90 dias para apresentar o resultado dos trabalhos de investigação. A CP vai investigar os possíveis crimes de agressão,  violência politica contra mulher, e quebra de decoro parlamentar.

A investigação policial esta na Seccional de São José dos Campos.

Histórico da agressão

A vereadora publicou três vídeos nas redes sociais e acusou o vereador Wellington Felipe (Cidadania) de agressão. 

Nas imagens, o parlamentar é flagrado se aproximando de Dandara e segurando o rosto da vereadora com uma das mãos durante sessão de Câmara, que ocorreu no dia 26 de abril (Veja no vídeo abaixo).

A vereadora abriu uma queixa-crime contra Wellington Felipe. Após a denúncia, o vereador Wellington Felipe negou que tenha agredido a vereadora e que "a verdade prevalecerá".