Band Vale

Covid: Pinda reativa Hospital de Campanha Cidade Nova para oferecer mais leitos

Objetivo é ampliar número de leitos de enfermaria e suporte ventilatório devido ao aumento de casos da doença

Redação Band Vale 27/01/2022 • 08:36
Objetivo é ampliar os leitos de Covid-19 na cidade
Objetivo é ampliar os leitos de Covid-19 na cidade
Divulgação/Prefeitura de Pindamonhangaba

Pindamonhangaba vai reativar o Hospital de Campanha do Cidade Nova a partir desta quinta-feira (27), para conseguir absorver a demanda de pacientes com necessidade de internação devido à Covid-19. 

De acordo com a Secretaria de Saúde, o objetivo é ampliar a rede com uma oferta extra de leitos de enfermaria e de suporte ventilatório, uma vez que os leitos de Covid nas referências do Governo do Estado foram desativados.

Outros hospitais da região, como o 10 de Julho, em Pindamonhangaba, e o Frei Galvão, em Guaratinguetá, também têm tomado medidas de suspender determinados atendimentos devido à dificuldade na obtenção de testes, insumos e de acomodação aos pacientes - sem a previsão para oferecer mais leitos aos pacientes dos convênios e particulares.

NOVOS LEITOS

O Hospital de Campanha do Cidade Nova ficará como base para internação, reiniciando as atividades com 5 leitos de suporte ventilatório e 15 de enfermaria. Os demais serviços da unidade, como os ambulatoriais e os de tratamento pós Covid-19, inclusive com pneumologistas, fisioterapeutas, dentre outras atividades, serão redirecionados para outras referências em atendimento no município.

De acordo com a secretária adjunta de Saúde, Ana Claudia Macedo, essa é uma medida excepcional num momento em que tem aumentado o número de casos da doença e a taxa de ocupação da Santa Casa está chegando a 100%.

SINTOMAS

Quem apresentar síndrome gripal deve procurar os gripários do Pronto-Socorro ou das UPAs do Araretama e Moreira César.