Band Vale

Governo instala radar meteorológico para monitorar temporais no Litoral Norte

Radar tem 500 watts de potência e é capaz de visualizar a intensidade das precipitações e se haverá aumento ou diminuição da chuva

Redação Band Vale

Governo instala radar meteorológico para monitorar temporais no Litoral Norte
Divulgação/ PMSS

A Defesa Civil do Estado de São Paulo entregou neste sábado (18) em Ilhabela, um novo radar meteorológico adquirido pelo Governo de São Paulo. O equipamento vai ajudar a monitorar a ocorrência de temporais no litoral paulista.

Nesta fase inicial, técnicos e alunos da Unesp de São Vicente, onde o equipamento foi montado, receberão treinamento remoto, com o radar em solo, para capacitá-los a operar o equipamento e transmitir os dados para a Defesa Civil.

A montagem foi realizada na sede do IEAMar-Unesp, no campus de São Vicente. Posteriormente, o radar será instalado em uma torre de cinco metros de altura. A expectativa é de que o radar esteja em funcionamento até o final do ano, aperfeiçoando o sistema de monitoramento de chuvas no Litoral Norte e Baixada Santista.

Sobre o radar

De modelo banda-X e fabricação norte-americana, o equipamento foi comprado com investimento de cerca de R$ 10 milhões do governo paulista. O radar tem 500 watts de potência, uma antena de 1,80 metro e alcance que se estende a 120 km. Ele é capaz de visualizar a intensidade das precipitações e se haverá aumento ou diminuição da chuva.

O monitoramento permite que os meteorologistas analisem as previsões para a emissão de alertas aos municípios. "O radar emite ondas, que batem nas gotículas de nuvens, e recebe de volta essas ondas. Com isso, a gente consegue ter uma previsão de chuva", explica a diretora da divisão de resposta da Defesa Civil do Estado de São Paulo, major Michele César.

Termo de cooperação

Com a montagem do equipamento, a Defesa Civil estadual assinou um termo de cooperação com a Unesp para que o radar meteorológico móvel seja utilizado para estudos e monitoramentos de interesse da sociedade paulista.

Para isso, os dados gerados pelo radar serão enviados para o Instituto de Pesquisas Meteorológicas (IPMet) da Faculdade de Ciências do campus de Bauru da Unesp, sendo posteriormente compartilhados com a Defesa Civil. “Este é o primeiro passo, um grande apoio da Unesp junto à Defesa Civil do Estado. Talvez um passo para uma caminhada de um grande projeto de outros oito radares meteorológicos para uma cobertura total no Estado”, afirma o coordenador estadual de Defesa Civil, Ricardo Hengel Pereira.

Mais notícias

Carregar mais