Band Vale

Morre joseense baleado durante troca de tiros em uma agência bancária de Itajuba

Breno Augusto Camargo dos Santos foi atingido na perna no momento da tentativa de assalto

Redação Band Vale 04/07/2022 • 15:30 - Atualizado em 05/07/2022 • 07:34
O corpo de Breno Augusto foi enterrado ainda neste domingo no Cemitério Municipal de Paraí
O corpo de Breno Augusto foi enterrado ainda neste domingo no Cemitério Municipal de Paraí
Divulgação/ UNIFEI

O estudante Breno Augusto Camargo dos Santos, que foi baleado na troca de tiros que ocorreu na noite do dia 22/06, em uma agência bancária da Caixa Econômica Federal, em Itajubá, morreu neste domingo (03), em Paraibuna.

O aluno, do curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação, foi atingido na perna no momento da tentativa de assalto. Ele foi levado para ser atendido no Hospital das Clínicas de Itajubá e havia sido liberado sem riscos de morte. 

De acordo com a funerária de Paraibuna, o jovem morreu após sofrer um infarto, que não teve ligações com o tiro que recebeu.

A morte foi confirmada pela UNIFEI (Universidade Federal de Itajubá), que emitiu uma nota sobre o falecimento do aluno:

"A Universidade Federal de Itajubá se solidariza com os familiares e manifesta o mais profundo pesar pelo falecimento de Breno Augusto Camargo dos Santos, aluno do curso de Graduação em Engenharia de Controle e Automação, ocorrido no dia 03 de julho, na cidade de Paraibuna – SP.

Esta é uma homenagem ao Breno que partiu tão jovem, deixando tantos sonhos. A consternação pelo ocorrido e o desejo de conforto aos familiares e amigos é comum a cada um de nós."

O corpo de Breno Augusto foi enterrado ainda neste domingo no Cemitério Municipal de Paraibuna.

O caso

Uma agência da Caixa Econômica Federal foi atacada por bandidos fortemente armados por volta das 23h30 da noite de quarta-feira, 22 de junho, no centro de Itajubá. 

A invasão ocorreu em diversos pontos da cidade. De acordo com a polícia, ao entrar na cidade, os criminosos assaltaram um casal e levaram o carro em que eles estavam. Partiram em direção ao 56º batalhão da polícia e atearam fogo em dois carros em frente ao BPM e trocaram tiros com os policiais.

Depois desse ataque ao batalhão, o grupo foi para o banco e tentou efetuar o roubo na agência, porém os policiais conseguiram enfrentar os criminosos. Eles fugiram em cinco carros por dois locais. 

O caso foi registrado no DP Central da cidade.