Band Vale

Policial Ambiental tem mal súbito e morre durante abordagem, em São Sebastião

Equipe realizava abordagem de um suspeito que ateava fogo em rodovia da cidade

Redação Band Vale 28/01/2022 • 16:40 - Atualizado em 29/01/2022 • 16:47
Policial Ambiental tem mal súbito e morre durante abordagem, em São Sebastião
Policial Ambiental tem mal súbito e morre durante abordagem, em São Sebastião
Divulgação/ Polícia Militar Ambiental

O cabo da Polícia Ambiental, Claudio da Silva Faber, teve um mal súbito e morreu durante abordagem na manhã de hoje (28), na Rodovia BR 101 (Rio-Santos) km 134+500, costa sul do município de São Sebastião.

Uma equipe da Polícia Ambiental realizava patrulhamento quando avistaram um indivíduo, de 39 anos, ateando fogo às margens da rodovia, causando baixa visibilidade e risco iminente de acidentes. Os militares abordaram o homem, que resistiu e agrediu os militares com mordidas e socos. 

Foi necessário o uso de força da equipe para conter o agressor. Quando o Cabo, de 41 anos, caminhou até a viatura para verificar os antecedentes criminais do abordado, sofrendo um mau súbito e desmaiando. 

No momento uma viatura da Polícia Civil que estava próximo do local, socorreu o militar à UPA de São Sebastião, onde sofreu uma parada cardiorrespiratória e após quase 1 hora de massagem cardíaca, evoluiu a óbito.

O Cabo PM Faber tinha 18 anos de serviço policial-militar, destes, 10 meses na Polícia Militar Ambiental. O militar deixa a esposa e dois filhos, uma menina e um menino de 11 e 5 anos. Não há informação sobre velório e enterro. O suspeito foi encaminhado a delegacia.