Band Vale

Sindicato faz ato e ocupa concessionária da Caoa Chery

Otávio Baldim 14/05/2022 • 15:27
Funcionários ocupam concessionária da Caoa Chery
Funcionários ocupam concessionária da Caoa Chery
Divulgação Sindicato dos Metalúrgicos

Cerca de 300 pessoas participaram de um protesto neste sábado, 14, contra a decisão da Caoa Chrey de suspender a produção em Jacareí. Parte do grupo chegou a ocupar uma concessionária da marca em São José dos Campos. Com placas e discursos contra o anúncio da montadora, os manifestantes invadiram a loja. O ato faz parte de uma mobilização do Sindicato dos Metalúrgicos. 

Nesta semana, em negociação com direção da empresa, o Sindicato dos Metalúrgicos conseguiu congelar as quase 500 demissões que seriam feitas. Os funcionários devem entrar em layoff por cinco meses, com início a partir de junho, além da garantia da manutenção dos postos de trabalho por mais três meses, até janeiro do ano que vem. Neste período, os colaboradores continuam com o salário e o plano de saúde. 

Segundo o sindicato, apesar a empresa ter aceitado reverter as demissões, os planos da montadora de deixar Jacareí continuam. Já a Caoa Chery diz que essa suspensão temporária nas atividades vai ser necessária para adequar a planta para um novo processo de produção mais moderno.