Band Vale

Trabalhadores da Gerdau fazem paralisação pela Campanha Salarial, em Pindamonhangaba

Empresa emprega cerca de 2.400 trabalhadores na produção de laminados de aço

Redação Band Vale 22/09/2021 • 08:12 - Atualizado em 22/09/2021 • 11:11
Empregados da Gerdau em Pinda cruzam os braços
Empregados da Gerdau em Pinda cruzam os braços
Divulgação/Sindicato dos Metalúrgicos

Os trabalhadores da fábrica Gerdau de Pindamonhangaba estão fazendo uma paralisação nessa quarta-feira (22), pela Campanha Salarial 2021.

Este mês foi divulgado o índice referente à inflação (INPC) dos últimos 12 meses, de 10,42%, que ficou maior do que o registrado ano passado, de 2,94%.

Nesse mesmo período, segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, a unidade Gerdau de Pinda esteve operando com a totalidade do seu efetivo e registrou vários recordes de produção.

De acordo com o presidente do Sindicato, André Oliveira, o motivo do protesto é para pressionar as bancadas patronais a avançarem nas negociações com os sindicatos e com a Federação dos Metalúrgicos da CUT. “É uma campanha salarial dura. Está muito difícil chegar no índice da inflação, e os patrões ainda querem parcelar o reajuste. Aqui na Gerdau, pelo nível de produção, pelo lucro recorde que ela está tendo, isso não é justo. O sindicato vai sim buscar inclusive o aumento real de salário”, disse ele.

BALANÇO

Em agosto a Gerdau divulgou o resultado financeiro, com recorde histórico. No semestre, o Ebitda (lucro antes de juros e impostos) ajustado cresceu 309%, alcançando R$ 10,21 bilhões. O valor também é 327% maior que o mesmo período de antes da pandemia, em 2019.

A Gerdau de Pindamonhangaba emprega cerca de 2.400 trabalhadores na produção de laminados de aço.

POSICIONAMENTO GERDAU

‘’A Gerdau confirma que o Sindicato dos Metalúrgicos esteve em frente a sua unidade de Pindamonhangaba (SP), nesta quarta-feira (22/9), no período da manhã. A produção na unidade não foi afetada. A unidade é representada pelo sindicato patronal (SICETEL) na negociação da Convenção Coletiva e preza pelo diálogo contínuo e aberto com seus colaboradores, sindicatos e demais públicos de interesse. Por isso, as negociações seguem em andamento, de forma a preservar as melhores condições de trabalho para seus colaboradores.''

  • Pindamonhangaba