Band Vale

Vítimas de acidente com seis mortos na Dutra eram presos em saída temporária, diz PRF

Veículo e ônibus envolvidos no acidente eram presos de Tremembé que tiveram o benefício nesta terça-feira (14)

Redação Band Vale 14/09/2021 • 14:33 - Atualizado em 14/09/2021 • 14:38
Vítimas de acidente com seis mortos na Dutra eram presos em saída temporária, diz PRF
Vítimas de acidente com seis mortos na Dutra eram presos em saída temporária, diz PRF
Divulgação/Polícia Rodoviária Federal

Os seis mortos em um acidente envolvendo caminhão, ônibus e dois carros, na Via Dutra, eram presos que estavam em saída temporária. O acidente foi na manhã desta terça-feira (14), na altura de São José dos Campos. A informação é da Polícia Rodoviária Federal.

O ônibus foi fretado pelos próprios presos, sem envolvimento da SAP (Secretaria de Administração Penitenciária). O carro, onde estavam todas vítimas que morreram na batida, também havia deixado o presídio nesta manhã.

O motorista que dirigia o ônibus fugiu do local logo após a colisão, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal.

Após encerrar o atendimento à ocorrência, a Polícia Rodoviária Federal informou o que causou o acidente. 

Segundo a PRF, houve um engavetamento por volta das 9h40, no km 132 da Via Dutra, sentido São Paulo. Colidiram três carros, um ônibus e um caminhão.

A conclusão que os policiais chegaram é de que dois carros colidiram. O caminhão que vinha logo atrás freou a tempo, assim como o Corsa, onde estavam as vítimas que morreram. O ônibus, no entanto, não conseguiu parar.

Devido ao impacto, um dois veículos de passeio e o ônibus pegaram fogo. 

O trânsito sentido São Paulo foi interditado  para limpeza da pista até ser totalmente liberado às 13h. A pista sentido RJ foi liberada às 11h, porém o trânsito na pista sentido SP fluiu por uma via de acesso lateral.

O acidente gerou 10 quilômetros de lentidão na rodovia Presidente Dutra. 

  • Acidente
  • Via Dutra
  • São José dos Campos