Notícias

Acordo para despoluição da Lagoa da Pampulha é assinado nesta quinta

Daniel Martins* 07/07/2022 • 10:20 - Atualizado em 07/07/2022 • 10:38
Limpeza da Lagoa é esperada por moradores da capital há anos
Limpeza da Lagoa é esperada por moradores da capital há anos
Rodrigo Clemente/PBH

Um acordo para a realização de obras e ações para colocar fim aos lançamentos de esgoto na Lagoa da Pampulha é assinado nesta quinta-feira (7).

A previsão de implantação do plano é de cinco anos e o total a ser investido pela Copasa corresponde a cerca de R$ 146,5 milhões.

O objetivo do encontro é garantir a proteção dos cursos d'água, melhoria da qualidade da água da lagoa e das condições sanitárias da população, especialmente das vilas e favelas.

Entre as ações, está programado dar continuidade às obras previstas pela Copasa para a quarta etapa de despoluição da bacia da Pampulha.

As obras já contratadas preveem a construção de 800 metros de rede coletora e 1.290 metros de interceptores e as ligações domiciliares nas vias a serem atendidas.

A cerimônia contou com a presença do prefeito de BH, Fuad Noman (PSD), da prefeita de Contagem, Marília Campos (PT) e o presidente da Copasa, Guilherme Duarte.

*Sob supervisão de Laryssa Campos