BandNews FM

SP: Governo autoriza vacinação contra o coronavírus em grávidas e puérperas

Estudos indicam que imunizante da Pfizer pode ser aplicado nesse grupo

21/07/2021 • 17:44 - Atualizado em 21/07/2021 • 17:45
Governo de São Paulo autoriza vacinação contra o coronavírus em grávidas e puérperas
Governo de São Paulo autoriza vacinação contra o coronavírus em grávidas e puérperas
Foto: Agência Brasil

O governo do estado de São Paulo autoriza que os municípios apliquem a segunda dose da vacina contra a Covid-19 da Pfizer em grávidas e mães que deram à luz até 45 dias antes de receberem a primeira dose da AstraZeneca.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (21) pelo vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB) em uma coletiva de imprensa realizada no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

A vacinação poderá ser feita a partir desta sexta-feira (23). A coordenadora geral do programa estadual de imunização, Regiane de Paula, afirma que a tomada de decisão é baseada em estudos.

No Rio de Janeiro, a Prefeitura adotou a mesma estratégia em junho.

Regiane também considera que as gestantes façam uma consulta com os médicos para avaliar cada caso. Além disso, as mulheres precisarão assinar um “termo de ciência” para registrar a data e a marca da dose aplicada.

  • Vacina
  • Pfizer
  • Grávidas
  • Puérperas
  • Imunização
  • Covid-19
  • Coronavírus