BandNews FM

Ex-diretor da Saúde acusado de pedir propina vai ao STF contra prisão na CPI da Pandemia

Roberto Ferreira Dias foi preso após acusação de mentir em depoimento no dia 7 de julho

BandNews FM 28/07/2021 • 07:09
Roberto Dias Ferreira questiona no STF a prisão decretada durante depoimento na CPI da Pandemia.
Roberto Dias Ferreira questiona no STF a prisão decretada durante depoimento na CPI da Pandemia.
Foto: Anderson Riedel/Presidência da República

O ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde Roberto Ferreira Dias entrou com um pedido de habeas corpus no Supremo Tribunal Federal nesta terça-feira (27). Ele é acusado de pedir propina em uma negociação de vacinas e foi preso em depoimento na CPI da Pandemia após os senadores julgarem que Roberto Dias mentiu.

No pedido que ficou sob relatoria da ministra Rosa Weber, o ex-diretor pede que os efeitos da prisão sejam suspensos. Os advogados de defesa afirmam que houve abuso de autoridade do senador Omar Aziz ao decretar a prisão. Os defensores ainda alegam que já havia começado a sessão do plenário do Senado é que a reunião da comissão deveria ter sido encerrada.

A ministra não tem prazo para decidir sobre a ação, embora Rosa Weber esteja no plantão do STF. O tribunal volta do recesso na primeira semana de agosto.

Roberto Ferreira Dias é acusado pelo policial militar Luís Dominguetti de ter pedido propina em uma negociação de vacinas. O representante da Davati Medical Supply teria uma oferta de 400 milhões de doses da vacina da AstraZeneca. Ferreira Dias nega o pedido de propina.

  • STF
  • CPI da Pandemia
  • Rosa Weber
  • Roberto Dias Ferreira