BandNews FM

Prefeituras do Sul ampliam atendimento à população em situação de rua por conta do frio

Com temperaturas negativas, são abertas vagas em estruturas públicas para acolhimento

28/07/2021 • 12:33
A menor marca foi registrada em Bom Jardim da Serra, em Santa Catarina, com -7,08°C, e Urubici, com -5,4°C.
A menor marca foi registrada em Bom Jardim da Serra, em Santa Catarina, com -7,08°C, e Urubici, com -5,4°C.
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

A região Sul do país amanheceu nesta quarta-feira (28) com temperaturas abaixo de zero. A menor marca foi registrada em Bom Jardim da Serra, em Santa Catarina, com -7,08°C, e Urubici, com -5,4°C. No Rio Grande do Sul, o frio também foi intenso na cidade de São José dos Ausentes, que marcou -3°C. Com as temperaturas negativas, os municípios ampliaram o acolhimento da população em situação de rua.

Em Porto Alegre, mais de 100 pessoas passaram a noite no Ginásio Gigantinho, junto ao estádio Beira-Rio, e receberam comida, banho, kits de higiene e até vacina contra a Covid-19. As portas do ginásio ficarão abertas para este público até o domingo (1).

A Prefeitura de Curitiba ampliou o atendimento para 150 vagas emergenciais caso as vagas disponíveis sejam ocupadas. Essas regionais concentram 68% da população em situação de rua, de acordo com a Prefeitura.

Nos próximos dias, os veículos da Guarda Municipal circularão pela cidade transmitindo mensagens de alerta para pessoas em situação de rua. As mensagens chamam para a procura de serviços de acolhimento e pedidos de resgate social. Os agentes abordam pessoas em situação de rua e as levam para abrigos.

Na capital paulista, a prefeitura pretende utilizar estações do metrô e igrejas para receber a população em situação vulnerável. Também haverá a montagem de tendas em diferentes pontos da cidade para a distribuição de kits para amenizar o frio.

  • frio
  • moradores em situação de rua
  • prefeituras
  • sul
  • acolhimento.