BandNews FM

Ministério da Saúde fará estudo sobre terceira dose para CoronaVac

A pesquisa, em parceria com a Universidade de Oxford, vai contar com 1.200 voluntário

BandNewsFM 28/07/2021 • 22:13 - Atualizado em 28/07/2021 • 23:27
A ideia é imunizar esses pacientes seis meses depois que eles tomaram a segunda dose.
A ideia é imunizar esses pacientes seis meses depois que eles tomaram a segunda dose.
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Ministério da Saúde confirmou que vai realizar um estudo para avaliar a necessidade de uma terceira dose para quem foi imunizado contra a Covid-19 com as duas doses da vacina CoronaVac.

De acordo com a coordenadora da pesquisa, Sue Ann Costa, a ideia é avaliar a efetividade do imunizante a longo prazo.

O estudo será feito em parceria com a Universidade de Oxford, da Inglaterra, e vai contar com cerca de 1.200 voluntários das cidades de Salvador e São Paulo. A primeira etapa deve começar em duas semanas. Os voluntários serão divididos em quatro grupos e todos vão receber de reforço uma dose de algum dos imunizantes aplicados no país: CoroaVac, AstraZeneca, Pfizer ou Janssen. Com isso, será possível analisar a interação entre as vacinas e ver qual grupo desenvolve mais anticorpos.

A ideia é imunizar esses pacientes seis meses depois que eles tomaram a segunda dose.

  • CoronaVac; Imunizantes