BandNews FM

Pazuello depõe sobre suposto crime de prevaricação cometido por Bolsonaro

O inquérito foi aberto após suspeitas de irregularidades nas negociações de compra da Covaxin

Rádio BandNews FM 29/07/2021 • 16:53 - Atualizado em 29/07/2021 • 17:08
Eduardo Pazuello presta depoimento no inquérito que investiga se o presidente Jair Bolsonaro cometeu crime de prevaricação.
Eduardo Pazuello presta depoimento no inquérito que investiga se o presidente Jair Bolsonaro cometeu crime de prevaricação.
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

A Polícia Federal ouve nesta quinta-feira (29), o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello sobre as suspeitas de irregularidades nas negociações de compra da vacina indiana Covaxin.

Pazuello presta depoimento no inquérito que investiga se o presidente Jair Bolsonaro cometeu crime de prevaricação. O inquérito foi aberto a partir do depoimento na CPI da Pandemia do deputado federal Luis Miranda e o irmão dele, Luis Ricardo Miranda, que é servidor público do Ministério da Saúde.

Durante o depoimento, eles disseram que informaram ao presidente Jair Bolsonaro suspeitas de irregularidades envolvendo as negociações para aquisição da Covaxin.

Antecedentes

O inquérito para investigar o presidente Jair Bolsonaro foi aberto no último dia 2 de julho, com autorização da ministra do Supremo Tribunal Federal Rosa Weber, após pedido da Procuradoria Geral da República.

Nesta terça (27), o deputado Luís Miranda prestou um depoimento de quatro horas à Polícia Federal. Para ajudar na investigação, Miranda deixou à disposição da Polícia o próprio celular e outros aparelhos eletrônicos.

  • São Paulo
  • Brasil
  • Internacional