BandNews FM

Anvisa recomenda passaporte da vacina para estrangeiros que chegarem ao Brasil

Presidente Jair Bolsonaro, no entanto, resiste em levar medida adiante

BandNews FM 25/11/2021 • 18:10 - Atualizado em 25/11/2021 • 21:05
Aeroporto de Guarulhos/SP
Aeroporto de Guarulhos/SP
Foto: Reuters/Roosevelt Cassio

A Anvisa propõe que o Brasil passe a adotar o passaporte da vacina para permitir a entrada de estrangeiros no país, mas há resistência do presidente Jair Bolsonaro em levar a medida adiante. 

Em nota técnica enviada ao Palácio do Planalto no último dia 12, a agência afirma estar preocupada com o aumento dos casos de Covid-19 na Europa e em outros países, por isso, recomenda a adoção do certificado de vacinação para todos que entrem no país por via terrestre. 

Os técnicos também recomendam a medida para quem chega em voos internacionais, além de propor quarentena de cinco dias para este público, mesmo com a apresentação de teste PCR negativo. 

Atualmente, os viajantes precisam apresentar o teste quando chegam ao país.

Em nota, o Conselho Nacional de Secretários de Saúde, o Conass e o Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde, Conasems, defenderam as medidas que estão previstas nas notas técnicas da Anvisa. 

Segundo os conselhos, a situação da pandemia em países europeus e o aumento de casos nos Estados Unidos, Canadá e países da América do Sul como Bolívia, Equador e Paraguai, exigem que o Brasil adote medidas sanitárias adicionais.