BandNews FM

Aplicação da CoronaVac em crianças depende da Anvisa, diz ministro da Saúde

Em coletiva, Marcelo Queiroga também desestimulou eventos de carnaval com a alta de casos de Covid-19

Rádio BandNews FM 14/01/2022 • 18:54
Atualmente, a única vacina aprovada pela Anvisa para uso infantil é a da Pfizer
Atualmente, a única vacina aprovada pela Anvisa para uso infantil é a da Pfizer
Foto: Agência Brasil

O ministro da saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que a aplicação da CoronaVac em crianças e adolescentes entre 3 e 17 anos de idade depende da aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária. A afirmação foi feita durante uma agenda no Conselho Regional de Medicina do Estado do Rio, nesta sexta-feira (14).

Atualmente, a única vacina aprovada pela Anvisa é a da Pfizer, para crianças entre 5 e 11 anos. Nesta quinta-feira (13), o órgão se reuniu com o Instituto Butantan para discutir o assunto. O pedido de uso emergencial está em análise pela gerência geral da Anvisa e o relatório será votado em reunião extraordinária da diretoria da agência reguladora, que ainda não tem data para acontecer.

Em entrevista aos jornalistas, o ministro foi questionado sobre o ataque cibernético que gerou um apagão de dados sobre a situação da pandemia de Covid-19 no Brasil e o pedido de parlamentares para uma investigação sobre uma possível sabotagem. Ele disse que se houve sabotagem, não foi por parte do Ministério.

O ministro também voltou a afirmar que a previsão é de que 30 milhões de doses da vacina infantil devem chegar ao País até março e disse também que não vão faltar imunizantes nem pra esse público nem para a dose de reforço das outras faixas etárias. Nesta sexta-feira (14), chegaram 1 milhão e 200 mil doses pediátricas.

Sobre o carnaval, o ministro disse que não estimula festividades neste momento.