BandNews FM

Araras de espécie extinta na natureza nascem em cativeiro na Bahia

As três ararinhas-azuis são filhotes de um casal vindo da Alemanha, em projeto de parceria com o ICMBio

BandNews FM 21/07/2021 • 19:46
Em todo o planeta, existem por volta de 240 ararinhas-azuis - todas em cativeiro
Em todo o planeta, existem por volta de 240 ararinhas-azuis - todas em cativeiro
Divulgação/ACTP

Nascem, no Estado da Bahia, três filhotes de ararinha-azul, espécie declarada como extinta na natureza desde os anos 2000 pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

Desde então, a entidade organiza programas de reprodução da ararinha-azul, envolvendo o Brasil e parceiros internacionais. Nesse caso, os três filhotes descendem justamente de um casal dentre os 52 exemplares da espécie vindos da Alemanha no ano passado.

O primeiro filhote nasceu no dia 13 de abril, e outros dois em 6 e 9 de junho deste ano, na cidade de Curaçá, no norte baiano. Esses foram os primeiros nascimentos da espécie no estado.

A reprodução entre os animais foi possibilitada por uma parceria entre o ICMBio e a organização alemã Association for the Conservation of Threatened Parrots. Agora, trabalhos minuciosos estão sendo desenvolvidos para devolver as ararinhas à natureza.

A expectativa é que elas sejam devolvidas ao seu habitat natural no Refúgio de Vida Silvestre da Ararinha-Azul, no município de Curaçá, também na Bahia.

Atualmente, existem aproximadamente 240 exemplares da ave ao redor de todo o mundo.

Todos esses animais estão sendo mantidos em cativeiro na Alemanha, na Bélgica e em Cingapura.