BandNews FM

Artistas e personalidades lamentam morte de Erasmo Carlos

Rei do Rock estava internado no Rio de Janeiro desde segunda (21)

Artistas, políticos e personalidades lamentam a morte de Erasmo Carlos, nesta terça-feira (22). O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva e o vice-presidente eleito Geraldo Alckmin destacaram a carreira do cantor e compositor de 81 anos de idade.

O artista morreu no Rio de Janeiro após ser internado para o tratamento de uma inflamação na camada de gordura da pele.

Artistas, como Maria Bethânia, Ney Matogrosso, Zeca Pagodinho, Djavan, Paralamas do Sucesso também se pronunciaram através das redes sociais. As postagens estão no final deste texto.

Clubes como Flamengo e Vasco, time de coração de Erasmo, também lamentaram o falecimento de Erasmo.

Em nota, a família de Erasmo lamentou a morte, ocorrida no dia do músico, e relembrou a trajetória de sucesso dele. “Vamos continuar cuidando das novas gerações, por nós e por ele”, diz a nota.

O velório será fechado à família e amigos íntimos. “Quem quiser homenageá-lo, escute suas músicas, suas mensagens. Nada o faria mais feliz e amado!”, pede o comunicado.

O Hospital Barra D'or informou que Erasmo estava internado desde o dia 02/11, no Rio de Janeiro, com quadro de paniculite complicada por sepse de origem cutânea.

O artista passou duas semanas do início de novembro internado com um quadro de inchaço generalizado e depois recebeu alta.

No final de agosto do ano passado, o cantor também tinha sido internado por oito dias após contrair Covid-19.

Confira a repercussão:

Roberto Carlos

Maria Bethânia

Ney Matogrosso

Zeca Pagodinho

Djavan

Paralamas do Sucesso

Flamengo

Vasco da Gama