BandNews FM

Assembleia-Geral da ONU: Sem precisar comprovar vacinação, Bolsonaro embarca para NY

Presidente da República será o primeiro a discursar na Assembleia-Geral

Rádio BandNews FM 19/09/2021 • 11:22
Bolsonaro, que declara ainda não ter se vacinado contra a Covid-19, foi liberado para entrar no país
Bolsonaro, que declara ainda não ter se vacinado contra a Covid-19, foi liberado para entrar no país
Foto: Alan Santos/PR

O presidente Jair Bolsonaro embarcou neste domingo (19) para a cidade de Nova York, onde participará nesta semana da Assembleia-Geral da ONU (Organização das Nações Unidas).

Bolsonaro, que declara ainda não ter se vacinado contra a Covid-19, foi liberado para entrar no país.

Em ocasiões especiais das Nações Unidas, não é necessário seguir as determinações das autoridades locais.

O presidente da República será o primeiro a discursar na Assembleia-Geral, como cabe ao representante do Brasil por tradição.

A delegação brasileira será composta por 18 pessoas. Além de Bolsonaro, estão na lista a primeira-dama Michelle Bolsonaro e o deputado federal Eduardo Bolsonaro, filho do presidente da República. Nove ministros do governo também fazem parte da comitiva.

Impasse sobre vacinação

Na última quarta-feira (15), o secretário-geral da ONU, António Guterres, afirmou que a organização não poderia exigir que chefes de Estado e outros integrantes das delegações apresentassem comprovantes de vacinação contra a Covid-19.

A declaração foi feita após a prefeitura de Nova York, sede do evento, exigir a comprovação de imunização de qualquer pessoa que fosse participar da Assembleia-Geral.

Guterres argumentou que a sede das Nações Unidas em Manhattan é um território internacional e que, portanto, não está sujeita às leis americanas.