BandNews FM

Aulas presenciais voltam a ser obrigatórias em SP; rede municipal volta na próxima semana

Distanciamento entre carteiras e rodízio entre estudantes continua até 3 de novembro, quando lotação máxima das salas será permitida

BandNews FM 18/10/2021 • 07:14 - Atualizado em 18/10/2021 • 09:35
Aulas presenciais voltam a ser obrigatórias em SP nesta segunda (18); rede municipal volta na próxima semana
Aulas presenciais voltam a ser obrigatórias em SP nesta segunda (18); rede municipal volta na próxima semana
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

As aulas presenciais voltam a ser obrigatórias para 100% dos alunos da rede estadual e privada no estado de São Paulo a partir desta segunda-feira (18). No entanto, nem todos os alunos devem voltar ao mesmo tempo neste momento. A Secretaria Estadual de Educação determinou que até o dia 3 de novembro, o distanciamento mínimo entre carteiras deve ser de um metro, só então a ocupação máxima será permitida. O uso de máscaras, no entanto, é obrigatório.

Um levantamento da secretaria estadual revelou que cerca de 24% das escolas estaduais têm estrutura suficiente para manter o distanciamento de um metro. Portanto, apenas em 1.251 colégios estaduais, das 5.130 unidades, a retomada será completa. Nos locais sem estrutura para o distanciamento, haverá rodízio entre os alunos.

O que muda a partir de agora é que as família não terão mais a opção de não enviar os alunos para as aulas presenciais. Até então, ficava a cargo das família a decisão de enviar ou não os filhos, que têm à disposição o ensino on-line como opção. Segundo o governo de SP, cerca de 65% dos estudantes já frequentam as aulas.

Apenas aqueles que apresentarem atestado médico, além de grávidas e puérperas, têm permissão para continuar em casa.

No dia 3 de novembro, com o fim da restrição de espaçamento entre as carteiras escolares, todos os alunos devem voltar para as salas.

Na rede municipal, cabe aos conselhos locais decidir pelo retorno. Na capital paulista, a data anunciada para o fim do rodízio entre os alunos é a próxima segunda-feira (25). A presença, no entanto, continuará sendo facultativa na rede municipal.

O presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino de São Paulo, Benjamin Ribeiro, disse à BandNews FM que as escolas particulares estão preparadas para o retorno integral dos alunos e afirmou que as crianças terão benefícios psicológicos com a volta às aulas.