BandNews FM

Bolsonaro comemora aprovação de alguém “terrivelmente evangélico” ao STF

Nomeação de André Mendonça como ministro do Supremo foi aprovada pelo Congresso

02/12/2021 • 16:56
André Mendonça indicado por Bolsonaro ao STF
André Mendonça indicado por Bolsonaro ao STF
Foto: Edilson Rodrigues/ Agência Senado

O presidente da República Jair Bolsonaro comemorou a aprovação do nome de André Mendonça para uma vaga no Supremo Tribunal Federal nesta quinta-feira (2) durante discurso em evento militar na Zona Oeste do Rio.

O político participou da formatura do Curso de Formação e de Graduação de Sargentos da Escola de Sargentos de Logística do Exército. O presidente deixou a agenda sem falar com a imprensa.

Segundo Bolsonaro, era um compromisso assumido por ele conseguir a inclusão de alguém "terrivelmente evangélico" e com "Deus no coração" na Corte.

“Conseguimos enviar ao STF um homem terrivelmente evangélico”, disse Bolsonaro.

Formado pela Faculdade de Direito de Bauru, André Mendonça já ocupou os cargos de chefe da Advocacia-Geral da União e de ministro da Justiça no governo Bolsonaro.

A indicação do nome dele para ocupar uma cadeira no STF foi aprovada pelo Senado. Foram 47 votos a favor, seis além do mínimo necessário, e 32 contrários. Durante a sabatina realizada na quinta-feira (1º), Mendonça defendeu o Estado laico.

O advogado é o segundo ministro do Supremo a ser indicado por Jair Bolsonaro. O primeiro foi Kassio Nunes Marques, aprovado em outubro de 2020.

Acompanhe o vídeo: