BandNews FM

Brasileiro empobreceu nos últimos 10 anos, aponta pesquisa

Cerca de 38 milhões de domícilios fazem parte das classes D e E

Rádio BandNews FM 23/01/2022 • 16:10 - Atualizado em 23/01/2022 • 16:51
Em 2021, os números foram agravados com a crise sanitária da Covid-19
Em 2021, os números foram agravados com a crise sanitária da Covid-19
Foto: Agência Brasil

O brasileiro ficou mais pobre em um década, segundo levantamento da consultoria Tendências divulgado neste domingo (23).

De acordo com a consultoria, mais da metade dos domicílios estão nas classes D ou E. A pesquisa considerou pertecentes a essa classe domícilios com renda mensal de até R$ 2,8 mil, tendo em vista que o Brasil não possui um critério único para a classificação de renda.

Em números absolutos, são quase 38 milhões de domicílios compondo a base social neste ano. Segundo economistas da consultoria, a mobilidade social obteve piora na crise do biênio 2015-2016.

Segundo a pesquisa, em 2012, 48,7% da população pertencia às classes D e E, enquanto 32,6% estavam na classe C, composta por domícilios com renda entre R$ 2,8 mil e R$ 6,8 mil. Já em 2017, 58,8% integravam as classes D e E e 31,7% compunham a classe C.

Em 2021, os números foram agravados com a crise sanitária do coronavírus e a faixa nas classes D e E subiu para 51% da população brasileira.