BandNews FM

Cidade e estado do RJ avaliam possibilidade de queima de fogos no Réveillon

Impasse acontece por conta de nova variante do coronavírus

07/12/2021 • 16:19
Estado e Município do Rio vão avaliar a possibilidade de queima de fogos em Copacabana
Estado e Município do Rio vão avaliar a possibilidade de queima de fogos em Copacabana
Foto: Gabriel Monteiro/Secom

Os Comitês Científicos do Estado e do Município do Rio vão avaliar a possibilidade de queima de fogos em Copacabana, na Zona Sul, durante o Réveillon. A proposta foi acordada entre o governador do Rio e o prefeito da cidade, Eduardo Paes.

O impasse acontece por causa da nova variante do coronavírus, a Ômicron, que preocupa as autoridades sanitárias.

Segundo o governador do estado, Cláudio Castro, o espetáculo, se liberado, aconteceria apenas com caixas de som, sem shows. A ideia é que seja proibido o estacionamento na orla.

“A ideia é a gente fazer os fogos com música eletrônica, som nas caixas de som e a proibição de estacionamento para que a gente possa evitar essa aglomeração. Já foi feito ano passado essa proibição do estacionamento que deu muito certo”, disse Castro.

A decisão deve ser tomada até o final desta semana. Ainda segundo o governador, a intenção é que sejam permitidas festas particulares na virada do ano, mediante regras estabelecidas pelos municípios.

O governo do Estado ainda vai conversar com as secretarias envolvidas e com os representantes dos modais do metrô, trem e ônibus para definir diretrizes para evitar aglomeração.

Nesta segunda-feira (6), Eduardo Paes já havia pedido à Claudio Castro que avaliasse a possibilidade da realização do evento. Em uma publicação na internet, Paes afirmou que o secretário municipal de saúde Daniel Soranz irá conduzir as negociações.