BandNews FM

Cidade em Retratos: Natália Moraes, a paulistana fã de Opalas que inspira outras "opaleiras"

Com um canal no Youtube, ela se tornou referência para mulheres apaixonadas por carros

Arthur Covre 27/09/2021 • 20:55 - Atualizado em 27/09/2021 • 21:10
 O Opala Standard 1976 de Natália, conhecida na internet como "Nah Opaleira"
O Opala Standard 1976 de Natália, conhecida na internet como "Nah Opaleira"
Foto: Divulgação

Moradora do Ipiranga, Natália Moraes sempre gostou de Opalas, influência do avô Benedito. "Ele deixou para o meu pai um modelo 1974. Inclusive, eu quase nasci dentro desse carro", conta.  

O primeiro Opala dessa paulistana, no entanto, não foi o do avô. Ela decidiu comprar outro para deixar do jeito que sempre sonhou. "É um 1976 Standard. Paguei 21 mil reais e, depois, fui fazendo as mudanças que queria. Troquei suspensão, rodas, volante".

Natália é formada em Administração Hospitalar e atua na área de instrumentação com foco em cirurgias plásticas. "Não é só passar uma tesoura para os médicos. Esse profissional precisa saber o que será necessário durante o procedimento e em que momento. Não é simples", explica.

Há quatro anos, Natália passou a publicar conteúdo sobre Opalas nas redes sociais e em um canal no Youtube. Ficou conhecida como "Nah Opaleira". Hoje, tem mais de 90 mil seguidores. "Eu comecei com essa trabalho porque não tinha nenhuma mulher falando sobre isso. Só homens. Decidi, então, fazer eu mesma".

Nah passou a inspirar outras "opaleiras" de todo o país. Quando tira o carro da garagem, as pessoas param para olhar. "Ninguém acha que o carro é meu. Acham que é do meu pai, do namorado, do tio…"

Ouça mais uma edição do Cidade em Retratos com o repórter Arthur Covre.

  • Cidade em Retratos
  • Arthur Covre
  • Natália Moraes
  • Nah Opaleira
  • SP