BandNews FM

Cidades brasileiras amanhecem com a menor mínima em anos e geada se espalha pelo país

Temperaturas negativas no Sul e frio intenso no Sudeste provocam geada forte, mas neve não aparece por falta de umidade

BandNews FM 30/07/2021 • 08:44
Sexta-feira (30) não teve registro de neve, mas a geada predominou em diferentes pontos do país.
Sexta-feira (30) não teve registro de neve, mas a geada predominou em diferentes pontos do país.
Foto: BandNews FM Curitiba

Cidades brasileiras registraram durante a madrugada e manhã desta sexta-feira (30) as mais baixas temperaturas nos últimos anos, provocando geada forte em municípios do Sul, Sudeste e até do Centro-Oeste. Cidades do Mato Grosso do Sul e Goiás, reconhecidas pelo calor em outras épocas do ano, amanheceram com uma camada de gelo no solo. Na capital paulista, a medição oficial registrou 4,4ºC, mas a sensação térmica foi negativa em alguns pontos. Em Marsilac, no extremo sul da cidade, a temperatura ficou negativa.

Em Urupema, Santa Catarina, os termômetros marcaram -8°C. No Rio Grande do Sul, o vento aumentou a sensação de frio. Em Vacaria, foi registrado -7,2°C.

Embora as temperaturas tenham caído ainda mais ao longo da madrugada, não houve registro de neve. Segundo os meteorologistas, a umidade estava baixa e as nuvens de chuva estão sob o mar, o que impede a formação dos flocos de neve. Cerca de 31 cidades gaúchas registraram neve ao longo da noite de quarta (28) e madrugada de quinta (29).

Ao longo do dia, o sol aparece, mas o ar continua gelado. A previsão é de que as temperaturas voltem a subir ao longo do fim de semana, mas é esperada a chegada de mais três frentes-frias ao longo de agosto. A temperatura não deve cair tanto, mas será um mês com sensação de frio.

  • frio
  • geada
  • neve
  • termômetro