Notícias

Covid-19 em SP: "O interior vive uma variação perigosa no topo da segunda onda", diz infectologista

Em entrevista à Rádio BandNews FM, o professor da Faculdade de Medicina da UNESP alertou para o descumprimento de medidas e para a falta de leitos

BandNews FM 11/06/2021 • 15:13
Na conversa, o médico infectologista comentou sobre se é possível dizer que estamos vivendo uma terceira onda de Covid-19
Na conversa, o médico infectologista comentou sobre se é possível dizer que estamos vivendo uma terceira onda de Covid-19
Foto: Roque de Sá/Agência Senado

Cidades do interior do São Paulo começam a retomar medidas mais restritivas por causa de um novo avanço de casos de Covid-19. Recentemente, prefeituras de Franca, Araraquara, Presidente Prudente e Catanduva voltaram a registrar altas nos índices de internação em leitos de UTI.

Na avaliação do Centro de Contingência contra o coronavírus no estado, a situação ocorre após inversão de uma característica que surgiu no começo da pandemia: capitais concentravam os contaminados, e as regiões mais afastadas estavam com a situação controlada.

Segundo o médico infectologista Carlos Magno Fortaleza, há padrões nestes municípios: as pessoas são mais conservadoras no que diz respeito à adesão de medidas restritivas e possuem menos acesso a leitos hospitalares, o que gera “uma mistura explosiva”, segundo o professor.

Em entrevista à Rádio BandNews FM, o professor da Faculdade de Medicina da UNESP em Botucatu conversou com os apresentadores Sheila Magalhães e Ivan Brandão.

Na conversa, ele também comentou sobre se é possível dizer que estamos vivendo uma terceira onda da doença.

Acompanhe o bate-papo na íntegra:

  • Covid-19
  • Coronavírus
  • São Paulo
  • Interior
  • Entrevista