BandNews FM

CPI ouve diretor-executivo da Prevent Sênior nesta quarta

A Comissão investiga se a operadora de planos de saúde ocultou mortes de pacientes

BandNewsFM 21/09/2021 • 22:45 - Atualizado em 21/09/2021 • 22:46
Na semana passada, Pedro não compareceu ao Senado Federal
Na semana passada, Pedro não compareceu ao Senado Federal
Foto: Reprodução/Redes Sociais

A Comissão Parlamentar de Inquérito da Pandemia ouve, nesta quarta-feira (22), o depoimento do diretor-executivo da Prevent Sênior, Pedro Bastista Júnior.

Na semana passada, Pedro não compareceu ao Senado Federal, alegando não ter tido tempo hábil estar em Brasília. A CPI investiga se a operadora de planos de saúde ocultou mortes de pacientes que participaram de um estudo envolvendo medicamentos como, por exemplo, a cloroquina.

Os senadores também comentaram os vídeos divulgados por Jair Renan Bolsonaro, filho de número 4 do Presidente da República. Na gravação,  ele mostra um arsenal de armas e faz menção a Comissão.

O Senador Marcos Rogério, aliado do Presidente, defendeu a investigação de Jair Renan sobre suposta ameaça, mas diz ser contra a convocação do filho do presidente.

Já outros parlamentares defenderam a convocação dele, assim como da mãe, Ana Cristina Valle, para explicar questões relacionadas ao lobista Marconny Albernaz.

Nesta terça (21), a CPI ouviu o ministro da Controladoria-Geral da União, Wagner Rosário, e a sessão foi encerrada após confusão entre o depoente e a Senadora Simone Tebet.

Wagner Rosário chamou Simone Tebet “de descontrolada” a fala gerou tumulto e o ministro abandonou a sessão.

Após a confusão o presidente da CPI Osmar Aziz (PSD-AM) solicitou que a condição do ministro passe de testemunha para investigado.

  • Covid-19
  • Política
  • Saúde
  • Brasil