BandNews FM

Creche é fechada, na zona sul de São Paulo, após abaixo-assinado feito por moradores do Jardim Los Angeles

A CEI Crêser, que estava localizada na Rua Cosmorama, no Jardim Prudência, na zona sul de São Paulo, passaria por uma mudança de endereço, com destino ao Jardim Los Angeles, também na zona sul

Central de Ouvintes Ricardo Boechat 28/10/2021 • 14:30
Creche é fechada, na zona sul de São Paulo, após abaixo-assinado feito por moradores do Jardim Los Angeles
Creche é fechada, na zona sul de São Paulo, após abaixo-assinado feito por moradores do Jardim Los Angeles
Foto: Reprodução

Creche é fechada, na zona sul de São Paulo, após abaixo-assinado feito por moradores do Jardim Los Angeles.

A CEI Crêser, que estava localizada na Rua Cosmorama, no Jardim Prudência, na zona sul de São Paulo, passaria por uma mudança de endereço, com destino ao Jardim Los Angeles, também na zona sul.

Porém, os moradores do bairro não gostaram da ideia e fizeram um abaixo-assinado para que a transferência não ocorresse.

A Marília Mendes, mãe de um dos alunos da unidade, está inconformada com a situação e tentou tudo o que estava ao alcance dela para que o centro de educação infantil continuasse funcionando. 

“ A gente recebeu um comunicado que a escola iria mudar de endereço, ficaram uma semana sem aula. A escola chamou todos os pais para uma reunião e para nossa surpresa não ia ter a mudança para o imóvel. Entraram com um pedido liminar para a paralisação da obra, fiquei muito indignada com tudo isso. ” 

O Centro de Educação Infantil no Jardim Prudência era fruto de uma parceria entre a Prefeitura de São Paulo e a ONG Crêser. 

O mecânico Edson Rocha, que também é pai de um dos alunos da creche, conta como a dinâmica familiar e o desenvolvimento social do filho dele foram afetados. 

“A gente acaba tendo que pedir ajuda para os avós para poder tomar conta dele. Acho que isso afeta mais a ele pois ele não tem contato com criança. Ele acaba não desenvolvendo o que teria que desenvolver. ” 

Em nota enviada aos pais, no último dia vinte e dois, a organização confirmou o encerramento das atividades e disse que aguarda a decisão judicial sobre o caso.

Além da unidade que está fechada, há outra na Rua Rolando Curti, na Vila Clara, que está funcionando normalmente.

Procurada, a Prefeitura de São Paulo confirmou o fechamento da creche e esclareceu que o terreno no qual o estabelecimento estava instalado foi era de propriedade particular e foi vendido pelo proprietário.

A Diretoria Regional de Educação está trabalhando para que as crianças sejam transferidas para outras instituições no entorno.

A Secretaria Municipal de Educação assegura que nenhuma criança ficará desassistida.