BandNews FM

Decisão de cobrar taxa de treinadores de corrida no Ibirapuera divide paulistanos

Concessionária do parque do Ibirapuera afirma que os recursos irão custear reformas no local

Rádio BandNews FM 18/10/2021 • 12:43 - Atualizado em 18/10/2021 • 13:26
A Urbia assumiu a administração do Ibirapuera em outubro de 2020
A Urbia assumiu a administração do Ibirapuera em outubro de 2020
Foto:EBC

O anúncio da concessionária do Parque do Ibirapuera de que vai cobrar uma taxa de professores e treinadores que atuam no local divide frequentadores e profissionais. A decisão de cobrar a taxa deve começar a valer a partir de março do ano que vem.

Em entrevista à BandNews FM, o diretor da Urbia Parques, Samuel Lloyd, explicou que a regra vai valer para atividades que exigem bloqueio de áreas. Ele ressaltou que os professores com menos alunos e que não precisam de uma área reservada não vão pagar.

Para a colunista da BandNews FM e fundadora da Associação dos Treinadores de Corrida e Ciclismo, Camila Hirsch, as mudanças podem ser boas para quem dá aula. No entanto, não está claro como vai funcionar para os profissionais que comandam atividades gratuitas.

O diretor da Urbia Parques declarou que a taxa só será cobrada para a prática esportiva com fins comerciais e que será proporcional ao valor recebido pelas aulas.

Mas a colunista do BandNews Em Forma, Camila Hirsch, avaliou que é inviável para a administração do Ibirapuera controlar quais são atividades pagas e quais são gratuitas, além do total arrecadado em cada uma delas.

O diretor da concessionária, Samuel Lloyd, afirmou que os recursos serão fundamentais para custear reformas no parque.

A Urbia assumiu a administração do Ibirapuera em outubro de 2020 e vai comandar o parque por 35 anos.

Confira a reportágem de Daniel Gateno: