BandNews FM

Dez estados retomam aulas presenciais e agosto será de reencontro entre alunos e professores

Nesta semana, São Paulo, Rio Grande do Sul, Goiás, Acre, Roraima, Tocantins, Pernambuco, Ceará, Rio de Janeiro e Distrito Federal retomam as aulas presenciais

BandNews FM 02/08/2021 • 13:42
Nesta semana, São Paulo, Rio Grande do Sul, Goiás, Acre, Roraima, Tocantins, Pernambuco, Ceará, Rio de Janeiro e Distrito Federal
Nesta semana, São Paulo, Rio Grande do Sul, Goiás, Acre, Roraima, Tocantins, Pernambuco, Ceará, Rio de Janeiro e Distrito Federal
Foto: Agência Brasil

Agosto começa com a retomada das aulas presenciais em ao menos dez estados do país. O segundo semestre deve ser com professores e alunos de volta aos colégios, embora as medidas sanitárias ainda sejam necessárias. Nesta semana, São Paulo, Rio Grande do Sul, Goiás, Acre, Roraima, Tocantins, Pernambuco, Ceará, Rio de Janeiro e Distrito Federal retomam as aulas presenciais.

As capitais mineira, paranaense, baiana e paraibana também retomam as atividades educacionais. Mas existem diferenças com a rede estadual.

Confira a situação em cada região do país:

SÃO PAULO

A partir desta segunda-feira (02), todas as escolas do estado de São Paulo, inclusive as municipais e particulares, poderão receber 100% dos alunos de forma presencial desde que haja distanciamento de 1 metro entre os estudantes em sala. Caso as escolas não consigam manter esse distanciamento terão que adotar um rodízio entre os alunos. A decisão é de responsabilidade de cada escola. O comparecimento não é obrigatório, por isso, o ensino híbrido permanece.

A Secretaria Municipal da Educação da capital paulista estima que 60% dos alunos vão retornar de maneira presencial. Apenas as creches e o ensino superior poderão receber 60% do público. Nessa etapa de retomada, as escolas vão levar em consideração o número de alunos que tem interesse em retornar ao presencial e não mais o número de matriculados.

RIO DE JANEIRO

Quase 100% das escolas municipais reabriram nesta segunda-feira para o retorno do ano letivo. Das 1543 unidades, apenas uma segue fechada para se adaptar às medidas restritivas contra a Covid-19. Dentro das escolas, carteiras e cadeiras tem que ter distanciamento de 1 metro, acrílico entre os alunos e álcool em gel. Na entrada, um funcionário mede a temperatura dos estudantes. Todos os funcionários da rede municipal já receberam pelo o menos a primeira dose da vacina.

BELO HORIZONTE - MINAS GERAIS

Os professores da rede municipal de ensino, do 6° ao 9° ano, são convocados a retornarem ao trabalho presencial a partir da próxima quinta-feira (05), em Belo Horizonte, quando os alunos vão voltar às salas de aula. Gestantes, idosos e pessoas com deficiência devem continuar em regime de teletrabalho. A convocação foi publicada no diário oficial do município na última sexta-feira (30).

As aulas para estudantes do ensino médio retomam nesta semana.

DISTRITO FEDERAL

As aulas presenciais das escolas públicas estão previstas para começar no dia 5 de agosto, com a educação infantil. Os professores retornam no dia 2 de agosto para programar as atividades. Posteriormente no dia 9 de agosto, voltam os alunos dos anos iniciais do ensino fundamental, além da educação de Jovens e Adultos. Já para o dia 16 de agosto, retorna o ensino fundamental, do 6º ao 9º ano.

Por fim, os alunos do ensino médio e educação profissional, em 23 de agosto. As aulas serão no modelo híbrido, com metade dos alunos em sala de aula e o restante no ensino remoto.

GOIÁS

Em Goiás, as aulas retomam no dia 2 de agosto. Já em Goiânia, elas voltam dia 09 de agosto de forma online e em 16 de agosto de maneira presencial.

CURITIBA - PARANÁ

Na próxima segunda-feira (2/8), todas as 415 unidades (185 escolas e 230 Centros Municipais de Educação Infantil) da rede municipal retomarão a oferta do ensino híbrido, com aulas presenciais somadas às videoaulas da TV Escola Curitiba. O atendimento dos estudantes será escalonado.4

RIO GRANDE DO SUL  

As redes estadual, privada e municipal de educação estão se preparando para a volta às aulas no segundo semestre de 2021. As aulas da rede municipal e privada retomaram presencialmente nesta segunda (02). Já as da rede estadual voltam na quarta (04).

SALVADOR – BAHIA

Volta às aulas presenciais em Salvador pode acontecer a partir do dia 9 de agosto. A Prefeitura de Salvador e a APLB Sindicato se reuniram para discutir o retorno dos professores à sala de aula.

PERNAMBUCO

A partir desta segunda (02), as aulas na rede estadual de ensino de Pernambuco voltam com 100% da capacidade total. De acordo com o governo do estado, está permitido receber todos os estudantes e usar espaços, como a quadra de educação física, desde que seja respeitado o distanciamento mínimo de 1 metro entre os alunos. Inicialmente, a distância mínima permitida dentro das salas de aula era de 1,5 m e foi reduzida para 1 m e, nos espaços de convivência, de 2 m para 1,5 m, o que possibilitou um aumento na presença de alunos.

JOÃO PESSOA – PARAÍBA

As aulas presenciais estão liberadas na rede pública de ensino em João Pessoa. De acordo com o documento, a retomada ocorre de forma gradual, de forma remota ou híbrida, com capacidade máxima de 50% dos alunos em cada turma, mediante o cumprimento do distanciamento social e uso de máscaras e álcool em gel, além da aferição da temperatura corporal na entrada. As instituições de ensino também devem continuar oferecendo aulas remotas para os alunos que não optarem pela forma presencial ou híbrida, além de manter afastados professores e funcionários dos grupos de risco da Covid-19.

Já na rede pública estadual, as aulas devem ser retomadas em setembro, também com o sistema híbrido. Instituições da rede privada podem funcionar através do mesmo modelo a partir de agosto.

CEARÁ

Após o recesso de julho, estudantes do ensino básico da rede privada do Ceará retornam às salas de aula nesta segunda-feira (02). Conforme o decreto do Governo do Estado, as instituições estão autorizadas a operar com até 50% da capacidade das turmas, desde que também ofereçam a opção de aulas remotas para os estudantes que ainda não se sentem seguros com o retorno. Já as escolas da rede estadual devem retomar as atividades de forma online entre até a próxima sexta, segundo informou a Secretaria de Educação do Estado (Seduc). Durante a semana, estudantes, pais, professores e gestores escolares devem discutir estratégias para a volta presencial.

  • Escola
  • colégio
  • aulas