BandNews FM

Dia D de combate à dengue reúne força-tarefa contra o mosquito pelo país

Brasil vive uma explosão de casos da doença; Ministério da Saúde contabiliza mais de um milhão de doentes e 258 mortes

BandNews FM

Com alta nos casos de dengue, Brasil promove "Dia D" contra a doença
Com alta nos casos de dengue, Brasil promove "Dia D" contra a doença
Foto: Agência Brasil

O sábado (2) é marcado por ações de combate à dengue em todo o país. A iniciativa do Ministério da Saúde reúne autoridades estaduais e municipais em atividades contra os focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença e também da zika e chikungunya.

O Dia D de Mobilização Nacional Contra a Dengue foi convocado pelo aumento dos casos registrados no país no início do ano. Especialistas e autoridades também alertam que o pico dos diagnósticos deve ocorrer entre março e abril. Até este sábado (2), o Brasil contabilizava mais de um milhão de doentes e 258 mortes deste o início de janeiro.

Os estados de Minas Gerais, do Acre e o Distrito Federal já declaram emergência ou situação de epidemia por conta do avanço da dengue. A rede de saúde está sobrecarregada e a busca por atendimento não para de aumentar.

Em São Paulo, o maior estado do país, 11 cidades já declararam epidemia, principalmente no interior. Mas a situação também preocupa na capital, que já anunciou medidas para reforçar o atendimento ao público na rede pública.

Preocupado com o aumento dos casos, o governo paulista adiantou em um dia as ações previstas para o Dia D. Os 645 municípios do estado tiveram ações de combate ao mosquito e conscientização da população contra os perigos da doença já na sexta-feira (1º). As atividades mobilizaram funcionários de escolas, profissionais da área da saúde, a Defesa Civil do estado e até o Exército.

O governo estadual também lançou o portal Dengue 100 Dúvidas, onde lista as perguntas mais frequentes sobre dengue, zika e chikungunya.

Neste sábado (2), a ministra da Saúde, Nísia Trindade, acompanhou as ações do Dia D Contra a Dengue no Espírito Santo. Ela esteve presente na cidade de Serra, na Grande Vitória, acompanhada do governador capixaba Renato Casagrande.

Segundo a ministra, ela escolheu estar no estado pela situação de emergência decretada durante a semana contra a dengue. Nísia Trindade destacou durante entrevista a necessidade de estados e municípios alinharem as atividades de conscientização da população e o reforço na busca de focos do mosquito, que se prolifera em locais com água parada.

Sem vacinas suficientes para uma ampla campanha de imunização, o Ministério da Saúde tem reforçado a necessidade de eliminar os focos do Aedes aegypti.

No mês passado, crianças e adolescentes entre 10 e 14 anos começaram a ser imunizadas contra a dengue. A vacina japonesa Qdenga, aprovada pela Anvisa, foi disponibilizada em municípios com maior incidência de casos da doença. A preferência por determinados locais ocorre por conta da escassez do produto.

Com menor capacidade de produção, o laboratório responsável pela fabricação do imunizante disponibilizou seis milhões de doses ao governo federal. Todo o estoque foi comprado e as entregas ocorrem, com escalonamento, ao longo do ano.

Tópicos relacionados