BandNews FM

Dólar fecha dia a R$ 5,38, maior cotação desde janeiro

Moeda teve alta de 1,19% nesta terça-feira (05)

Rádio BandNews FM 05/07/2022 • 19:56 - Atualizado em 05/07/2022 • 20:02
Na semana, o dólar contabiliza alta de 1,28%.
Na semana, o dólar contabiliza alta de 1,28%.
Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Após mais uma alta, o dólar comercial fecha o dia cotado a R$ 5,38, maior valor em cinco meses. A moeda teve valorização de 1,19% nesta terça-feira (05).

Na semana, o dólar contabiliza alta de 1,28%. No mês, o crescimento chega a 2,95%. Já na variação anual a moeda tem recuo de 3,35% frente ao real.

O cenário de alta é motivado por investidores do mundo inteiro procurando ativos seguros diante dos temores de uma recessão.

No exterior, as atenções seguem voltadas para as taxas de juros nos Estados Unidos. O Federal Reserve deve anunciar um novo aumento de 0,50 ponto ou de 0,75 ponto.

No Brasil, a PEC que libera R$ 41 bilhões em gastos a pouco mais de três meses das eleições também gera temores. A proposta reacendeu temores fiscais e de uma pressão ainda maior nos juros e inflação.

Bolsa

Nesta terça, o Ibovespa, principal índice da B3, a Bolsa de Valores de São Paulo, teve queda de 0,32%, fechando o dia aos 98.294,64 pontos.

Esse é o terceiro dia consecutivo de perdas na bolsa brasileira. Na semanal, a o recuo é de 0,67%, enquanto no mês o Ibovespa registra perda de 0,25%. No ano, a queda chega a 6,23%.

As maiores altas desta terça foram das empresas varejistas. A maior valorização foi nas ações do Magazine Luiza (MGLU3): 11,74%. Via Varejo (VIIA3), com alta de 11,48%, e Americanas (AMER3), 9,73%, também tiveram forte alta.

Por outro lado, as baixas foram lideradas pelas petrolíferas. O pior desempenho foi da 3R Petroleum (RRRP3) que caiu 7,44%. A PetroRio (PRIO3) teve queda de 7,11%. Já os papéis da Petrobras (PETR3 e PETR4) tiveram retração de 4,27% e 3,81%, respectivamente.