BandNews FM

Eduardo Oinegue: A letra C de CPI é comissão, não circo

Jornalista avalia que os governantes usam CPI para “ganhar palanque e holofote”

Rádio BandNews FM 07/07/2022 • 14:28 - Atualizado em 07/07/2022 • 14:51
Políticos usam CPI como manobra eleitoreira
Políticos usam CPI como manobra eleitoreira
Foto: Agência Brasil

O âncora do BandNews No Meio do Dia e do Jornal da Band, Eduardo Oinegue, questiona a possível criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para investigar os escândalos do MEC. O jornalista defende que o caso continue sendo investigado pela Polícia Federal.

Eduardo Oinegue condena a maneira como os políticos usam as CPIs. Para ele, esse recurso é uma manobra eleitoreira: “Estamos a três meses da eleição, é hora de criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito? [...] o objetivo deles [parlamentares] é usar esse recurso como um fundo eleitoral digital, aí eles terão visibilidade. Há muito tempo as CPIs viraram um circo”.

O jornalista chama a atenção para a falta de seriedade por parte dos políticos quando participam de uma CPI: “Eles só querem palanque, autopromoção. É só enrolação e holofote”.

Para Oinegue, a Polícia Federal deve continuar, sem intervenção dos governantes, investigando o escândalo no MEC: “Será que ela [Polícia Federal] não merece crédito nesse processo? Será que algum parlamentar é melhor investigador do que um delegado da Polícia Federal? Não faz sentido a gente achar que sem CPI não existe investigação”.

Eduardo Oinegue conclui dizendo que o Brasil não pode acreditar nas falácias por parte dos políticos: “Fazer CPI do MEC agora e achar que isso é transparência? Me desculpe, é acreditar na história do chapeuzinho vermelho”.