BandNews FM

Eduardo Paes vai revisar pontos do novo decreto do passaporte da vacina

Medida exige apresentação do documento em shoppings e táxis

BandNewsFM 02/12/2021 • 19:12
A exigência do comprovante em shoppings, táxis e transporte por aplicativo deve ser derrub
A exigência do comprovante em shoppings, táxis e transporte por aplicativo deve ser derrub
Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

O prefeito do Rio de Janeiro afirma que não leu os detalhes do decreto assinado por ele que amplia a exigência do passaporte da vacinação na cidade e diz que a medida vai ser revisada. Um novo decreto deve ser publicado nesta sexta-feira (03).  

Eduardo Paes disse, durante agenda nesta quinta-feira (2), que achou certos pontos da medida "um exagero". A exigência do comprovante em shoppings, táxis e transporte por aplicativo deve ser derrubada.  

O decreto, publicado em Diário Oficial nesta quinta, prevê a obrigatoriedade da apresentação do documento em bares e restaurantes com áreas cobertas, hotéis, imóveis alugados por temporada, salões de beleza e estética. Essas medidas devem permanecer.  

A imunização pode ser comprovada pelo aplicativo Conect Sus ou pela caderneta de vacinação.

A partir da próxima segunda-feira (6), as multas para quem descumprir as novas regras vão começar a ser cobradas. Os valores das infrações chegam a R$ 3 mil. Até lá, a Prefeitura vai atuar de forma educativa. A fiscalização é feita pela Vigilância Sanitária e pela Secretaria Municipal de Ordem Pública.

No caso dos hotéis e imóveis para locação por temporada, as reservas e contratos só podem ser feitos se houver a apresentação do documento.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, a medida foi adotada diante da preocupação com a variante Ômicron.

Cariocas e até turistas avaliaram a medida como positiva.

Locais que já pediam o comprovante, como academias e museus, continuam a exigir o passaporte. Segundo a Secretaria de Saúde, não há previsão para que o documento deixe de ser exigido no Rio.