BandNews FM

Feminicídio: homem que matou esposa em Tupã (SP) irá aguardar julgamento preso

Antoniassi matou a companheira com quem estava casado há 29 anos com facadas e chegou a retirar os órgãos dela

Rádio BandNews FM

Milena Dantas e Marcelo Antoniassi
Milena Dantas e Marcelo Antoniassi
Reprodução

O homem que confessou ter assassinado a esposa em Tupã, no interior de São Paulo, vai aguardar o julgamento preso. O caso aconteceu nesta segunda-feira (26) e chamou a atenção pela brutalidade do crime.

Marcelo Antoniassi matou a companheira com quem estava casado há 29 anos com facadas e chegou a retirar os órgãos dela.

Milena Dantas, de 53 anos, já havia registrado um boletim de ocorrência contra o criminoso alegando violência doméstica e também denunciou que ele a impedia de sair de casa, como contou a delegada do 3º Distrito Policial de Tupã, Milena Davoli.

A delegada afirma que no primeiro registro de BO ofereceu a vítima que ela tivesse medida protetiva, a mesma não quis e preferiu voltar para a casa. Marcelo e Milena não moravam mais na mesma casa.

Ela registrou o boletim pela manhã e voltou para a residência. No mesmo dia, o agressor invadiu o local.

A vítima ligou para a Polícia, mas, ao chegarem no local, os agentes a encontraram morta e o assassino coberto de sangue com a faca em mãos.

De acordo com a delegada, ele se recusou a falar no depoimento, mas depois informalmente acabou confessando o crime. “O agressor aparentava estar bastante alterado e estava pouco reativo quando questionado”, disse ela.

A mulher já havia demonstrado o desejo de se separar dele após episódios de violência doméstica, estupro e cárcere.

Antoniassi murchava o pneu do carro da vítima para que não saísse de casa e tinha colocado até mesmo rastreador no celular dela.

Tópicos relacionados