BandNews FM

Fiocruz negocia produção de remédio capaz de reduzir hospitalizações e mortes de Covid-19

A pílula, desenvolvida pela farmacêutica americana MSD, reduz em cerca de 50% o risco de hospitalização e morte, mas não substitui vacinação

BandNews FM 15/10/2021 • 13:19

A Fundação Oswaldo Cruz avalia a possibilidade de produção nacional do antiviral molnupiravir. O medicamento, fabricado pela farmacêutica americana MSD (Merck Sharp & Dohme), é estudado como forma de evitar a transmissão da Covid-19.

O Instituto de Tecnologia em Fármacos, o Farmanguinhos da Fiocruz, está em conversas avançadas com a empresa para definir a melhor forma de acesso à população brasileira e um modelo de cooperação técnica.

A Fiocruz também aguarda estimativa do Ministério da Saúde sobre a demanda pelo medicamento. A pasta ainda não definiu se o remédio será distribuído no SUS e espera o aval da Anvisa para uso emergencial ou definitivo.

As negociações entre a Fiocruz e a MSD incluem a possibilidade de estudos futuros para avaliar o antiviral no enfrentamento de outras infecções virais, como dengue e chikungunya.

A MSD disse que deve submeter o medicamento em breve para a análise da Anvisa no Brasil, mas que ainda não há data definida.

A MSD anunciou no começo deste mês que os testes com o molnupiravir mostraram bons resultados.  A pílula de uso oral reduziu em cerca de 50% o risco de hospitalização e morte para pacientes que podem desenvolver formas graves da doença, segundo dados preliminares.

A segunda etapa de testes terá a participação da Fiocruz; segundo a médica Margareth Dalcolmo, uma das coordenadoras da pesquisa, o remédio não substituirá a vacina, mas será um complemento