BandNews FM

França aprova passe vacinal e medida pode começar a valer nesta semana

A partir de agora, apenas vacinados poderão entrar em restaurantes, cinemas e trens; teste negativo não será mais aceito

BandNews FM 17/01/2022 • 08:00 - Atualizado em 17/01/2022 • 09:26

O parlamento da França aprovou neste domingo (16) o chamado passe vacinal para a entrada em restaurantes, cinemas, teatros e trens de longa distância. A medida defendida pelo presidente Emmanuel Macron retira a possibilidade da apresentação de um teste negativo de Covid-19 para entrar nestes estabelecimentos.

A Assembleia Nacional, equivalente à Câmara dos Deputados no Brasil, referendou o projeto por 215 votos a favor e 58 contra. A votação foi a segunda entre os parlamentares depois de alterações realizadas no Senado e que obrigaram uma segunda votação para a aprovação da medida.

O passe vacinal será exigido apenas para maiores de 16 anos, pois os congressistas entenderam que crianças entre 12 e 15 anos não podem se vacinar sem o consentimento dos pais. A França tem um forte movimento antivacina e os menores poderiam ser prejudicados não por vontade própria.

Com isso, as crianças podem continuar apresentando um teste negativo de Covid-19 para entrar nos locais.

A expectativa é de que o passe vacinal comece a ser cobrado no país até a próxima quinta-feira (20). A demora para a votação da proposta no Parlamento atrasou a implantação da polêmica medida, que tinha previsão inicial de valer já neste fim de semana.

O governo francês tenta assim conter o aumento de casos da doença, em alta por conta da variante Ômicron, além de aumentar a taxa de vacinação da população. As autoridades correm contra o tempo para elevar a taxa de aplicação da dose de reforço, após atingir a marca de 75% da população com as duas doses aplicadas do imunizante contra a Covid-19.