BandNews FM

Homenagem marca dois anos e meio de rompimento da barragem em Brumadinho

Artistas participaram do ato com poemas e músicas; evento foi transmitido na internet

BandNews FM 25/07/2021 • 21:22 - Atualizado em 25/07/2021 • 21:53
Rompimento de barragem em Brumadinho matou 270 pessoas e segue com dez desaparecidos
Rompimento de barragem em Brumadinho matou 270 pessoas e segue com dez desaparecidos
Isac Nóbrega/PR/Agência Brasil

O rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho (MG), completa dois anos e meio neste domingo (25). A data foi marcada por homenagens às vítimas do desastre ambiental e social de janeiro de 2019.

A Associação dos Familiares de Vítimas e Atingidos do Rompimento da Barragem da Mina Córrego do Feijão organizou um evento, pela internet, com poemas e músicas de artistas como Gilberto Gil, Zeca Baleiro, Marcus Viana e Zélia Duncan.

Os nomes das vítimas foram lidos em voz alta, e suas fotos foram reunidas em um letreiro que formava o nome da cidade.

Ao todo, o crime socioambiental da Vale matou 270 pessoas na região metropolitana de Belo Horizonte. Até hoje, dez pessoas continuam desaparecidas. Mesmo assim, ninguém foi preso e responsabilizado pelo desastre.

Ainda neste mês de julho, um grupo composto por atingidos pelo rompimento da barragem protestou contra o uso de parte da indenização da minerada para uma obra viária na capital mineira.

A construção teve um custo bilionário para o estado, de mais de R$ 3 bilhões.

  • brumadinho
  • minas gerais
  • brasil
  • vale