BandNews FM

“Imposto Antivacina": província do Canadá quer cobrar taxa de não vacinados

Recurso será usada para custear o atendimento dos doentes por Covid-19 no sistema de saúde

Rádio BandNews FM 12/01/2022 • 11:48 - Atualizado em 12/01/2022 • 18:43
Taxa será usada para custear o atendimento dos doentes por Covid no sistema de saúde.
Taxa será usada para custear o atendimento dos doentes por Covid no sistema de saúde.
Imagem: Reprodução

A província de Quebec, no Canadá, estuda a criação de um imposto para quem ainda não se vacinou contra a Covid-19.

Segundo o governo local, os 90% dos moradores que se imunizaram não podem ser prejudicados pelos outros 10% que não o fizeram e que ocupam atualmente quase metade das vagas em leitos hospitalares.

A taxa será usada para custear o atendimento dos doentes por Covid no sistema de saúde. O valor ainda não foi decidido, mas será "significativo", de acordo com o primeiro-ministro de Quebec, François Legault.

"Acho que agora é uma questão de justiça para 90% da população, que fizeram alguns sacrifícios", disse Legault. "Acho que devemos a eles esse tipo de medida", concluiu.

Na semana passada, a província anunciou que exigiria comprovante de vacinação para a venda de álcool e maconha – que é legalizada para fins recreativos no país desde 2018.

Após a medida, o número de pessoas que se inscreveu para receber a primeira dose da vacina aumentou mais de 400% em apenas uma semana, segundo o ministro da Saúde local, Christian Dubé.

Também está em vigor um toque de recolher, o segundo da pandemia, que funciona das 22h às 05h todos os dias.

Na terça-feira (11), o número total de mortos por Covid em Quebec chegou a 12.028, com 62 óbitos registrados em um período de 24h.